sexta-feira, março 30, 2012

No Facebook as pessoas se revelam...



O Facebook... Pois é, acabei aderindo a esse troço, não faz muito. Descobri muitos amigos e amigas desgarrados, gente que não via havia muito tempo, pessoas com quem convivi na juventude, com quem trabalhei. A gente olha as fotos deles - imaginando que sejam verdadeiras, claro - e vê o que o tempo mudou, geralmente para pior - e eles, da mesma forma, vêem a cara da gente, quando a gente coloca alguma foto... A minha, no perfil, é do Quasímodo, o Corcunda de Notre Dame. Tem tudo a ver com Vitor, só que com o Vitor Hugo, o francês.




Pois bem, vamos fazendo solicitação de amizade e vamos sendo também solicitados para isso. De repente temos lá mais de 60 ou 7o "amigos" - alguns têm milhares. Mas fiquemos com esse número: 70.




Solicitei amizade a muita gente que não conhecia, a outras das quais ouvira falar etc etc. Normal, todo mundo faz isso.




Aí é onde eu quero chegar: o Facebook é uma coisa superficial, onde gente manda imagens de coraçãozinhos, outros contam fatos ridículos da sua vida e do seu cotidiano, falam do seu gato, da morte do seu cachorro, comentam o último CD da Madona, e assim por diante. No final, nossa caixa posta eletrônica está atulhada por todo esse tipo de coisas, que nem sequer olhamos.




Aprendi e constatei uma coisa: gente que a gente imaginava inteligente, sensata, de um certo bom nível, digamos, no Facebook ela se mostra na sua face real - a da mediocridade, do prosaico. Isso inclui figurões, como escritores que frequentam os jornais toda hora, pertencem a esta ou aquela academia. Olhamos o que eles escreveu e é só abobrinhas e, às vezes, lugares-comuns e sentimentalismos baratos. Outros se revelam radicais políticos intolerantes e desprezíveis.




P.S - Talvez, desta vez sim, eu retome o blog. Apesar de paralisado - e graças ao tanto que foi publicado antes - continua a ter um bom número de acessos. Os que mais acessam são os paulistas da Capital, seguido dos porto-alegrenses e dos cariocas. E muita gente do exterior também. Quem sabe eu retome sim.