sábado, novembro 08, 2008

Veteranos em jogos neste sábado no Ararigbóia


Neste sábado à tarde um bom público compareceu ao campo do Ararigbóia (rua Saicã com Felizardo Furtado) para assistir aos jogos do varzeano, categoria veteranos. Jogaram as equipes co Canarinho contra o Lomba do Sabão e, mais tarde, Associação X Portuguesa.
Neste domingo o Municipal prossegue com jogos da Categoria Livre.

Você tem medo de cobras? Pois elas adoram.

Maria Lúcia e Moema (foto inferior): veneno de cobra vale mais do que o ouro. E a estagiária Bárbara, acariciando uma serpente Píton.


Fundação Zoobotânica, avenida Salvador França. Chegando ao prédio administrativo, o mesmo do Museu de Ciências Naturais do Jardim Botânico, desce-se por várias escadarias, até a parte mais baixa, quase no subsolo.Lá, em um ambiente mal-cheiroso e úmido, estão Maria Lúcia Machado Alves e Moema Leitão de Araújo, as mais antigas biólogas das instituição, com 38 e 39 anos de casa, respectivamente.
Ao lado de três estagiárias e um bolsista, as duas - Maria formada na URGS e Moema na PUC - trabalham em um local nada comum e até mesmo repelente ou assustador para muitos: o Núcleo Regional de Ofiologia de Porto Alegre, o maior do Estado, e que já chegou - tempos atrás - a enviar veneno de cobras para, entre outros, o Instituto Butantã e o Vital Brasil, onde é fabricado o soro antiofídico.
TEMPOS MELHORES - O Núcleo existe oficialmente desde 1987, mas na verdade remonta aos anos cinquenta, no início do Jardim Botânico, no tempo do renomado pesquisador e biólogo Thales de Lema, um "herpentólogo" - especialista em serpentes, ou cobras, como são chamadas mais comumente.
O Núcleo de Ofiologia é, hoje, constituido de meia dúzia de salas e tem apenas, como funcionárias efetivas, Maria e Moema. Porém já viveu tempos melhores, especialmente até os anos 80, quando faltou soro anti-ofídico no Brasil, criando-se um problema nacional. "Imagine, faltar o soro no País que inventou esse tipo de soro, descoberto por Vital Brasil!", lembra Maria. "O Brasil obrigou-se a importar o soro da Colômbia, que tinha qualidade inferior".Pressionadas, as autoridades decidiram investir no setor e destinaram verbas aos grandes institutos - com isso o Butantã, entre outros, recuperou-se e modernizou-se, passando a ser auto-suficiente na obtenção dos venenos de cobras, que antes eram enviados por instituições como o Núcleo da Fundação Zoobotânica. Com isso, o Núcleo - que integra o Museu de Ciências Naturais da Fundação - perdeu muito da sua importância e utilidade."O Núcleo já teve seis biólogos, quatro especializados em répteis e dois em amfíbios, e o nosso objetivo principal, que era extrair veneno, deixou de existir. Mudamos os objetivos então", conta Maria Lúcia. Hoje as duas se dedicam mais a auxiliar e assessor pesquisadores e a dar palestras em escolas sobre os ofídios. Trabalham 20 horas por semana em trabalhos científicos - e, também, administram "uma pequena fortuna": como ainda há muito veneno armazenado em freezeres, e como o veneno, segundo Maria Lúcia, "vale mais do que ouro", o Núcleo é quase como uma caixa-forte de um pequeno banco."Para você ter uma idéia, uma grama de veneno é mais cara do que uma grama de ouro. E, no caso da cobra coral, a mais valorizada, se fala em miligramas e não em gramas. Temos aqui uma bela quantia".
MERCADO CLANDESTINO - O veneno extraído das cobras fica cristalizado e permanece assim, sem perder as qualidades, por muitos anos. Poderia-se perguntar: se o veneno de cobra vale mais do que ouro, e se há tanto aqui, porque ele não é vendido para laboratório ou mesmo para outros países, carentes nessa área? Tanto Maria Lúcia como Moema arriscam uma opinião - ou constatação: "Acredito que seja o poder do mercado clandestino, que é muito poderoso. Mas daria para se vender sim, se houvesse interesse", opina Moema.
O Núcleo de Ofiologia conta hoje com 438 cobras venenosas e cerca de 30 não venenosas. São espécies as mais variadas - jararaca, cruzeira, jararaca pintada, coral, cascavel, jibóia, etc. Algumas delas já estão aqui há 14 anos, sem contar filhotes - nascidos no local - com 11 anos. Tais serpentes, em sua maioria, são obtidas de apreensões de autoridades (inclusive da Patrulha Ambiental da Brigada Militar) ou doadas pela Fundação Estadual de Pesquisa e Produção em Saúde, FEPPS, da rua Domingos Crescêncio (e não da avenida Ipiranga). Ou então trazidas por pessoas as mais variadas - agricultores, fazendeiros, pequenos proprietários rurais, sitiantes. "Temos também uma pequena criação", informa Moema.Algumas delas, inclusive venenosas, são expostas ao público visitante, na parte alta do prédio do Museu de Ciências Naturais.
CHEIRO DE RATO - O Núcleo de Ofiologia sofre com a fiscalização do IBAMA, que tem regras rígidas a respeito dos animais - talvez rígidas demais. Por exemplo, um dono de sítio que queira fazer a doação de algumas cobras vivas às biólogas precisa de autorização especial para transportá-la, e pode ser preso se não a tiver. "Como são pessoas simples, e o procedimento é complicado, eles geralmente desistem", informa Mária Lúcia.Visitar o local onde estão alojadas tais ofídios é um programa interessante - mal também nada agradável para as narinas. Como os animais se alimentam de ratos - pequenos e brancos, desenvolvidos em laboratório - e há uma criação destes no local, o cheiro é bem peculiar. As cobras ficam confinadas em seus "apartamentos", com ventilação e água. Recebem alimento diariamente e são vistoradas com frequência. Há casais juntos e um "berçário" para as cobrinhas que nascem. Há cobras novas e outras velhas - que, de tão velhas, mal conseguem comer os ratos e precisam de ajuda. Há pequenas, como a cobra coral, e outras imensas, como a jibóia.Mas tanto as biólogas como as estagiárias já se acostumaram com todas. Elas não só adoram os bichos - "vejam como esta é linda, veja as cores!", diz Maria Lúcia ao repórter, segurando uma imensa serpente venenosa, que acaricia como a um cãozinho de estimação. O mesmo faz a estagiária Bárbara Borges, de 20 anos, estudante do quarto semestre de Biologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Bárbara já tem alguma experiência - fez estágio em um setor semelhante da PUC, já desativado, e diz: "Sempre gostei de cobras".
A estagiária nunca sofreu acidentes com os ofídios - pelo menos por enquanto. Mas as duas biólogas já foram picadas e, garantem, a dor não é tão forte assim. "mas depende da picada, das condições, da cobra, de muitas coisas", lembra Moema, que acabou no Hospital de Pronto-Socorro por conta de um desses "carinhos" de seus bichinhos.


Os aniversariantes do dia 8 de Novembro

Hoje Alain Delon está completando 73 anos e o jogador Luis Fabiano faz 28. E hoje, em 1929, o personagem Tarzan estreava em histórias em quadrinhos.





sexta-feira, novembro 07, 2008

Colaboracionista dos nazistas é julgada, depois da libertação de Paris. Foto de Henri Cartier-Bresson.

Abertas inscrições para feiras de artesanato

Feira do Disco de Vinil termina neste sábado, no Mercado.
* A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic), recebe inscrições entre segunda e quinta-feira, 10 a 13, para vagas de ponto de venda em diversas feiras licenciadas pelo município. Elas devem ser feitas na Avenida Osvaldo Aranha, 308, sala 16, Bairro Bom Fim, das 9h às 12h e das 14h às 17h.
Para a inscrição, são necessários os seguintes documentos: carteira de identidade e CPF (originais e cópia); original e cópia da carteira de Artesão FGTAS (atualizada); original e cópia de comprovante de residência em Porto Alegre em seu nome ou cônjuge. A triagem dos inscritos, com validade de 90 dias após sua divulgação, ocorre no dia 17, às 14h, na sede do Senat, na Avenida José Aloísio Filho 695, Bairro Humaitá.
Grupos - As vagas são para os seguinte grupos de feiras: Feira de Artesanato do Brique de Sábado, da Avenida José Bonifácio (2 vagas), que é realizada aos sábados, das 14h às 18h; Feira de Artesanato do Mercado Bom Fim (4 vagas), realizada aos sábados, das 9h às 18h; no Brique de Sábado da Avenida José Bonifácio (6 vagas), realizado aos sábados, das 9h às 17h; Brique de Domingo da Usina do Gasômetro (4 vagas), que é realizada aos domingos, no estacionamento ao lado da Usina, das 9h às 18h.
No ato da inscrição, deverá ser entregue um quilo de alimento não-perecível (arroz, feijão, açúcar, farinha de trigo, massas, leite em pó), que será doado a entidades assistenciais. As demais informações e condições necessárias para inscrição estarão à disposição na Supervisão de Economia Solidária, na Avenida Osvaldo Aranha, 308, sala 16, Bairro Bom Fim. Mais informações pelos fones 3289-4713 e 3289-4712.

* Até amanhã, 8, colecionadores e interessados em LPs têm mais uma oportunidade de participar da Feira do Disco de Vinil, no segundo piso do Mercado Público Central. A feira funciona das 9h às 19h30. Dez expositores comercializam cerca de 30 mil discos, entre raridades como o primeiro disco de Renato e seus Blue Caps e dos Mutantes, além de grandes sucessos nacionais e internacionais. Os preços variam entre R$ 5 e R$ 600.
Entre os discos mais procurados estão os dos Beatles, Elvis Presley, Janis Joplin e pop rock em geral. A Feira do Disco de Vinil é uma iniciativa da prefeitura, pela Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic).

* Amanhã, 8, os participantes do Viva o Centro a Pé vão passear por importantes pontos turísticos da capital gaúcha. O roteiro de aproximadamente duas horas inclui o Viaduto Otávio Rocha, a Catedral Metropolitana, a Praça da Matriz e a Cúria Metropolitana (com interiores). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones (51) 3289-3738 e 8114-5504 ou pelo e-mail vivaocentro@yahoo.com.br.
A saída será às 10h, no totem do Caminho dos Antiquários, na Demétrio Ribeiro, em frente à Praça Daltro Filho, no encontro das ruas Coronel Genuíno e Marechal Floriano. Em caso de chuva, o evento será transferido para o sábado seguinte. Quem quiser, poderá doar um quilo de alimento, que será encaminhado a instituições do município.
Quem orienta - a sétima edição da caminhada terá a orientação do professor de História da Arquitetura e Projeto Arquitetônico da Faculdade de Arquitetura da Ufrgs, Cláudio Calovi Pereira, doutor em Arquitetura pelo MIT (Cambridge, EUA). Cláudio também atua como orientador nos programas de mestrado e doutorado do Propar-Ufrgs.
As caminhadas do Viva o Centro a Pé são realizadas duas vezes por mês, sempre aos sábados, orientadas por professores especialistas em história ou arquitetura. A iniciativa é das secretarias do Planejamento Municipal e da Cultura e do Programa Viva o Centro. Outras informações podem ser obtidas no site www.portoalegre.rs.gov.br/vivaocentro
Antiquários O projeto Caminho dos Antiquários integra o Viva o Centro, um dos 21 programas estratégicos do governo municipal. Com o objetivo de revitalizar a área central, o espaço repleto de lojas de antiguidades foi transformado em uma grande feira a céu aberto. A Rua Marechal Floriano é fechada entre a Fernando Machado e a Demétrio Ribeiro, e as lojas colocam os produtos na rua.

* Seguindo a proposta de facilitar cada vez mais a vida do contribuinte, a Secretaria Municipal da Fazenda (SMF) disponibiliza um novo serviço em sua página na Internet. A partir de agora, está ao alcance de qualquer pessoa o serviço de impressão de guias de parcelamento de IPTU e ISSQN. Antes, esses serviços eram realizados apenas via Loja de Atendimento da Fazenda.
Para realizar o procedimento, basta acessar o site www.portoalegre.rs.gov.br/smf, escolhendo a opção IPTU e, em seguida, clicar em guias de pagamento. Já para impressão das guias de ISSQN, o caminho é ISSQN, clicar em serviços online e escolher a opção débitos de ISSQN.
Com o serviço, além de mais agilidade e comodidade para o contribuinte, a Loja de Atendimento poderá concentrar suas atenções em outras atividades. De janeiro até 29 de outubro deste ano, estima-se que mais de 115 mil guias de parcelamento tenham sido emitidas pelo atendimento local.

* Para o sorteio de 196 vagas titulares e 223 vagas para suplentes em pontos fixos no sistema de táxi da Capital, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) recebeu a inscrição de 993 taxistas. As inscrições encerraram hoje, 7. O sorteio acontece no dia 21 de novembro (sexta-feira), no Ginásio Tesourinha, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h.
As novas vagas são para os seguintes locais: Hotel Alfred, Hotel Plaza São Rafael, Hotel Savoy, Millenium Flat, Hotel Everest, Hotel Embaixador, Novotel, Porto Alegre Residence Hotel, Hotel Lancaster, Shopping Total, Escritório de Turismo (Travessa do Carmo nº 599), Big Shopping Cristal, Aeroporto Salgado Filho, Tribunal de Justiça Estadual, Big Eduardo Prado, Boulevard Strip Center, Ary Tarragô, 340, Silvado esquina com Bento Gonçalves, Jardim Planalto (Rua Victório F. Giordani n° 300) , Augusto Severo nº 15, Santa Cecília/Ipiranga (Zaffari), Zaffari Higienópolis, Shopping Lindóia, Duque de Caxias nº 717, Loureiro da Silva (em frente ao Incra), Hospital Parque Belém, Hospital Cristo Redentor e Praia de Belas nº 1.750.

150 consultas gratuitas no HSL neste sábado

É bom se prevenir pois o verão está chegando. O Hospital São Lucas da PUCRS integra as ações da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele neste sábado (08). Serão distribuídas 150 senhas para o atendimento gratuito com dermatologistas. A entrega das fichas começará às 8h, no Ambulatório de Dermatologia, no terceiro andar, sala 305. Os atendimentos acontecerão das 9h às 15h. Os pacientes serão examinados e, no caso de suspeita de alguma doença da pele, receberão o encaminhamento para realizar o tratamento no São Lucas. Iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a campanha será promovida em 174 unidades de saúde em 23 estados. A ação mobilizará 1,5 mil especialistas. Além de exames completos de pele, o público receberá orientações sobre os cuidados com a exposição solar e com a prevenção de doenças da pele.

A mais moderna biblioteca da América do Sul

São 14 andares e mais de 20 mil metros quadrados.
A concretização de um sonho e de um compromisso assumido, a idéia de realização e agradecimento aos que colaboraram, entenderam e trabalharam. Estes foram os sentimentos transmitidos nesta manhã, 7 de novembro, pelo diretor da Biblioteca Central Irmão José Otão da PUCRS, César Mazzillo. Às 10h, a Universidade inaugurou a sua Nova Biblioteca, um novo espaço cultural, para leitura, aprendizado e reflexão. Com 21 mil metros quadrados distribuídos em 14 pavimentos, tecnologia avançada de rastreamento e identificação de documentos, auto-devolução e auto-empréstimo de obras, é considerada a mais avançada biblioteca da América do Sul.
Na solenidade de inauguração, pela manhã, a Universidade também comemorou os seus 60 anos, lançando o livro "PUCRS - 60 Anos de História" e o Catálogo de Pesquisas PUCRS 2008. O evento contou com a participação de autoridades do Estado, como a secretária de Cultura, Mônica Leal, o presidente da Assembléia Legislativa, Alceu Moreira, reitores e representantes de diversas instituições de ensino, da administração superior da Universidade e da comunidade acadêmica. Os convidados participaram também de uma visita guiada pelos 14 pavimentos da Biblioteca, e conheceram as instalações. Mônica, por exemplo, destacou o Delfos - Espaço de Documentação e Memória Cultural, no 7º pavimento, com 24 acervos, e o setor de restauração e obras raras, no 6º andar. "Encontrei materiais de 1941, a vontade é ficar pesquisando, lendo. Isso aproxima à sociedade da leitura e desperta o interesse pelo conhecimento".
Moreira lembrou a idéia da união entre o simultâneo, o real e o virtual. "As pessoas sairão daqui muito mais preparadas para servir à comunidade", disse. O Reitor, Joaquim Clotet, finalizou lembrando que uma biblioteca é um tópico básico das ciências e das letras, e as novas instalações reúnem o conhecimento aliado as tecnologias da informação. "Nos 60 anos da PUCRS, oferecemos para as próximas gerações um espaço que contribui com a pesquisa, exemplo e orgulho para Porto Alegre, para o Rio Grande do Sul e para o país".
"É um novo conceito de biblioteca. O usuário terá mais autonomia e acesso facilitado aos conteúdos", explica o diretor. Além disso, estão disponíveis mais computadores, em bancadas com iluminação especial, dezenas de salas de estudo coletivas e individuais equipadas com computadores, cadeiras e mesas confortáveis, rede sem fio de internet e espaços para descanso e leitura, com sofás, luz natural e tranqüilidade.
Ainda na Biblioteca, as áreas de conhecimento Ciência e Tecnologia, Linguagem e Artes, Humanas, Sociais Aplicadas, são representadas por cores. Os livros, periódicos, CDs ou teses de cada área, foram unificados, e podem ser encontrados no mesmo local. O espaço não é restrito aos alunos, professores e funcionários. A comunidade pode usufruir da biblioteca para leitura de obras, jornais, revistas, utilizar os computadores, só sendo necessária a realização de um cadastro prévio. No 2º e 3º pavimento, por exemplo, há um espaço com mesas, cadeiras e sofás, criado para o aconchego, com abundante luz natural e visão das árvores, plantas e flores do Campus.
Dois pavimentos são dedicados aos acervos especiais e obras raras. O 6º recebe mapas, obras iconográficas e publicações da Universidade, disponíveis a pesquisa e leitura. O 7º está com o Delfos - Espaço de Documentação e Memória Cultural, com acesso restrito e ambientes próprios para estudo individual e em grupo, pesquisa, consulta e armazenamento de 24 acervos culturais e literários detidos pela Universidade.Tecnologia
"O diferencial está na tecnologia", garante o diretor. Além da Pesquisa Múltipla, que possibilita pesquisas em várias fontes de informação da Biblioteca utilizando os programas Metalib e SFX, todos os exemplares estão recebendo etiquetas de identificação por radiofreqüência, o que deve ser finalizado no primeiro semestre de 2009.
Equipamentos como o guarda-volumes e o auto-atendimento darão autonomia aos usuários, o que, conforme o diretor, era uma das prioridades das mudanças. Os guarda-volumes são armários digitais com senhas voláteis, e serão usados por alunos, professores, funcionários e visitantes. Mecanismos pioneiros no Brasil permitirão o auto-empréstimo e a auto-devolução de materiais, sem a necessidade de atendimento no balcão.A construção
As obras iniciaram em maio de 2006, e o primeiro passo foi construir a Torre de 14 andares a partir do centro da parte mais antiga. Depois começaram as reformas no prédio antigo, que tinha três andares. O antigo prédio, inaugurado em 1978, teve seus 10 mil metros quadrados reformados e outros 11 mil acrescentados. O que determinou o projeto de ampliação, explica a coordenadora geral da Biblioteca, Sonia Vieira, foi o crescimento do acervo e as necessidades de adequação dos espaços às demandas de tratamento e recuperação da informação.
Reinterpretações das linhas de Piet Mondrian, pintor holandês representante do neoplasticismo - que propõe reduzir a arte a funções matemáticas - marcam o design dos ambientes internos e estão presentes em painéis, portas, totens das estantes e lixeiras, dando a idéia de "janelas para o mundo da informação".Espaço para deficientes visuais
A Biblioteca conta também com uma sala especial, no 2º pavimento do prédio, para atender deficientes visuais, composto de computadores e softwares especiais com mídia sonora. O ambiente reunirá dois microcomputadores, três fones de ouvido e um scanner para digitalização de textos, acervo, equipamentos e softwares com gravações sonoras em CDs, como os livros falados, além de internet, bases de dados e Portal Periódicos da Capes.Os números
Média de pessoas que circulam na Biblioteca, ao mês: 27 milMédia do número de acessos ao site da Biblioteca, ao mês: 147 milExemplares de livros: 418.803Fascículos de periódicos: 410.864Exemplares de teses e dissertações: 21.970Exemplares de CDs, DVDs, mapas, slides e outros materiais diversos: 6.222Permite o acesso a 2.733 livros eletrônicos, a mais de 24 mil periódicos eletrônicos e a 88 bases de dadosUniversidade completa 60 anos
Também está sendo comemorado os 60 anos da Universidade - completados no dia 9 de novembro. Durante a solenidade ocorreu o lançamento do livro "PUCRS - 60 anos de História" e o "Catálogo de Pesquisas PUCRS 2008". Às 17h30min terá uma missa na Igreja Universitária Cristo Mestre e à noite ocorre a entrega da medalha Irmão Afonso.
A PUCRS surgiu como universidade em 1948, mas a sua origem remonta a uma série de acontecimentos anteriores, entre os quais se destacam a fundação da Ordem dos Irmãos Maristas por Marcelino Champagnat, na França, em 1817; a chegada dos primeiros religiosos a Bom Princípio, no Rio Grande do Sul, em 1900; a abertura da Escola Nossa Senhora do Rosário, em 1904, em Porto Alegre; a criação do Instituto Superior do Comércio, em 1927; e o início do curso superior de Administração e Finanças, em 1931, mesmo ano em que se tornou Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas, cuja primeira turma formou-se em 1934.
Quando o então presidente Eurico Gaspar Dutra assinou o decreto 25.794, dando-lhe a condição de Universidade Católica do Rio Grande do Sul, o que hoje é a PUCRS funcionava junto ao Colégio Rosário, na Avenida Independência. Os cursos disponíveis eram os de Estudos Políticos, Estudos Sociais, Filosofia, Letras, Letras Clássicas, Letras Neolatinas, História, Geografia, Física, Matemática, Química, História Natural, Pedagogia, Didática, Serviço Social, Ciências Contábeis e Atuariais e Direito. O título honorífico de Pontifícia foi concedido em 1950 pelo Papa Pio XII, mesmo ano de inauguração da Faculdade de Odontologia.
Hoje a Universidade conta com mais de 25 mil alunos de graduação e pós-graduação, cerca de 1500 professores e 2 mil funcionários, já tendo formado mais de 120 mil profissionais. É reconhecida como referência nacional e internacional pela relevância, pela qualidade e pela excelência.Catálogo inédito apresenta produção científica da Universidade
As principais pesquisas desenvolvidas na Universidade, nas diferentes áreas do conhecimento (Ciências Biológicas e da Saúde; Exatas, da Terra e Engenharias; Humanas; Sociais Aplicadas), estão concentradas numa publicação inédita, que também foi lançada pela manhã. O Catálogo de Pesquisas da PUCRS reúne, em 200 páginas, textos jornalísticos, fotos e tabelas com demonstrações da excelência da produção científica nos campi Central e Uruguaiana. Investigações realizadas em laboratórios, grupos, núcleos e centros de expressão regional, nacional e internacional têm espaço no livro ilustrado, à disposição da comunidade acadêmica na nova Biblioteca Central e em fase de distribuição para Instituições de Ensino Superior, governamentais e empresariais do Brasil.
Elaborado ao longo de dois anos, o trabalho teve a participação e depoimentos de professores, pesquisadores, técnicos, coordenadores de Programas de Pós-Graduação e diretores de Faculdades, Institutos e Órgãos Suplementares. A coordenação das atividades foi feita pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), com execução das equipes da Assessoria de Comunicação Social (Ascom) e da Agência Experimental de Publicidade e Propaganda (Agexpp). Com linguagem acessível e respeito às especificidades e realidades de cada área, o Catálogo de Pesquisas da PUCRS foi elaborado para servir como instrumento dinâmico de consulta, contemplando de leigos a especialistas.

* Ampliar o debate acadêmico, a divulgação de novas pesquisas e de novas publicações, fortalecer redes de pesquisadores que investigam o tema organizações e sociedade, constituir um fórum para a apresentação de novas abordagens e formulações teóricas são alguns dos objetivos do "3º Seminário Internacional Organizações e Sociedade: inovações e transformações contemporâneas". A atividade, promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da PUCRS, será realizada entre os dias 11 e 14 de novembro, das 9 às 21h, e reunirá pesquisadores e professores de renomadas universidades brasileiras e estrangeiras. Além de mesas-redondas, abordando temas como "Inovação e desenvolvimento local: o papel dos arranjos institucionais em rede"; "Integração sul-americana e Sociedade"; "Conhecimento, Ciência e Tecnologia", haverá grupos de trabalho. Na conferência de abertura, Marcelo Arnold Cathalifaud, decano da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade do Chile, falará sobre "Imagens da complexidade social e seus desafios para a coordenação social". As inscrições podem ser feitas na Pró-Reitoria de Extensão, sala 201 do prédio 40 (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). Informações adicionais no site www.pucrs.br/eventos/sios ou pelo telefone (51) 3320-3680.
* O projeto "O que é?", organizado pela Faculdade de Letras da PUCRS (Fale), falará sobre "Compreensão leitora" na próxima terça-feira, 11 de novembro. A atividade será ministrada pelas mestrandas em Letras Clarice Lehnen Wolff e Gracielle Nazari.
O encontro utiliza, por meio de aulas expositivas e dinâmicas, exemplos práticos para esclarecer dúvidas relacionadas à Lingüística e Literatura. Todos os temas foram levantados por professores da Fale, a partir de dificuldades expostas pelos alunos em sala de aula. Os encontros são realizados às 19h na sala 305 do prédio 8, no Campus Central da Universidade (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). As inscrições são gratuitas, mediante doação de um livro infanto-juvenil, e serão feitas nos horários e datas dos encontros. Outras informações e a programação completa pelos telefones (51) 3320-3676 e (51) 3320-3528.
* A partir desta segunda-feira, 10 de novembro, começa a funcionar, no térreo do prédio 15 do Campus Central da PUCRS (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre), a Central de Atendimento aos Alunos. Ela reunirá vários serviços voltados aos estudantes, diplomados e comunidade em geral e atenderá das 8h às 21h15min, de segunda à sexta-feira.
São mais de mil metros quadrados que abrigarão setores das Pró-Reitorias de Administração e Finanças (Proaf) - Setor Financeiro Acadêmico; de Graduação (Prograd) - Atendimento da Coordenadoria de Registro Acadêmico; de Assuntos Comunitários (Prac) - Créditos e Benefícios, Atendimento, Ouvidoria e Programa Diplomados; e Estágios (ligado à Prograd e Prac). Haverá uma área comum, com mais de cem lugares, onde as pessoas poderão aguardar num ambiente confortável. O espaço também terá rede wireless para acesso à internet e bancadas para auto-atendimento.
*Integrando as comemorações de 60 anos da PUCRS e de inauguração da nova Biblioteca Central Irmão José Otão, a Universidade disponibiliza na internet a partir desta sexta-feira, 7 de novembro, três novas páginas: uma é alusiva aos 60 anos da Instituição, outra é o novo site da Biblioteca e a última é a versão on-line da Revista PUCRS Informação edição número 142. O sítio "PUCRS - 60 anos" (www.pucrs.br/60anos) descreve a trajetória da PUCRS através de uma linha do tempo, com os principais fatos históricos, personagens e fotos. É possível navegar através dos anos e verificar em imagens e informações o caminho que a Universidade percorreu até os dias atuais.
A nova página da Biblioteca Central (www.pucrs.br/biblioteca) foi totalmente remodelada, apresentando design mais moderno e com acesso facilitado às informações e serviços.
O site da Revista PUCRS Informação número 142 (www.pucrs.br/revista), edição de novembro e dezembro, veicula na íntegra o conteúdo da versão impressa. Traz como destaques principais a nova Biblioteca e seus recursos, estudo que alerta sobre os perigos das câmaras de bronzeamento, matéria sobre o Laboratório Analítico de Insumos Farmacêuticos (Laif), entrevista sobre o impacto do aluno na avaliação institucional, entre outros.

Porque hoje é Sexta...





























Os aniversariantes do dia 7 de Novembro

Hoje nasceram o escritor e filósofo Albert Camus (1913-60), a cantora Syang, o goleiro e treinador de futebol Emerson Leão, o músico Johnny Rivers e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin.














quinta-feira, novembro 06, 2008

*Interessados em obter bolsas de estudo nos cursos Unificado e Universitário para concluir o Ensino Fundamental na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA) deverão providenciar inscrição de 17 de novembro a 2 de dezembro, na sala 203, segundo andar da Secretaria Municipal de Educação (Smed), à Rua dos Andradas, 680, das 9h às 15h30, sem intervalo. As vagas são para o primeiro semestre de 2009, com início das aulas em março.
Os candidatos já podem retirar, no setor de Bolsas e Convênios, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h, folder com todas as informações necessárias para a inscrição. Para concorrer às bolsas de estudo nos cursos conveniados à prefeitura via Smed, o candidato deve ter a 4ª série completa, idade mínima de 15 anos até a data de início das aulas e trabalhar ou residir em Porto Alegre. Outro requisito é renda per capita de até duas vezes o salário mínimo nacional vigente.
A Coordenadora do Setor de Bolsas e Convênios da Smed, Neli Rodrigues Padilha destaca que, a partir dos 15 anos, não há limite de idade para concorrer às bolsas e retomar os estudos. “Temos candidatos de cerca de 60 anos buscando a conclusão do Ensino Fundamental”, exemplifica. Segundo Neli, todas as inscrições homologadas serão sorteadas, e o preenchimento das vagas ocorrerá de acordo com a classificação em sorteio marcado para 5 de fevereiro de 2009, às 15h, no auditório da Smed, situado no 6º andar. Maiores informações no setor de Bolsas e Convênios da Smed, pelo telefone (51) 3289-1917.
Inscrições - No ato da inscrição, o candidato deve apresentar fotocópia da carteira de identidade, ou da certidão de nascimento, ou da carteira de trabalho, ou da carteira nacional de habilitação (carteira de motorista); fotocópia de comprovante do seu domicílio ou do seu local de trabalho atualizado (endereço residencial ou profissional atuais); fotocópia de comprovante de renda familiar; e ficha de inscrição preenchida em letra de forma. Essa ficha está disponível no local de inscrição. O candidato que não tiver comprovante de renda deverá solicitar um modelo de Declaração de Renda, expedido pelo Setor de Bolsas e convênios.
A iniciativa atende à lei municipal nº 4880/80 e à Indicação 004/05 do Conselho Municipal de Educação, que dispõem sobre concessão de bolsas de estudo destinadas a jovens e adultos que não concluíram seus estudos e com o objetivo de ampliar o número de vagas oferecidas pela rede municipal de ensino.
* Para complementar a exposição de longa duração Transformações Urbanas - Porto Alegre de Montaury a Loureiro, o Museu Joaquim Felizardo realiza um ciclo de palestras com temas relacionados à Capital no período entre 1897 e 1943. Os encontros ocorrem mensalmente, sempre nas quintas-feiras, às 19h, com 40 vagas.
Em parceria com a Câmara Rio-Grandense do Livro, a palestra de hoje, 6, será sobre a literatura em Porto Alegre até a década de 1940. O palestrante será o professor e escritor Luís Augusto Fischer, autor de diversos livros, como O edifício do lado da sombra, Quatro negros e Dicionário de porto-alegrês.
Não há necessidade de realizar inscrições prévias para o próximo encontro, que terá entrada franca.
Encontros à luz da memória: Periodicidade mensal
Quinta-feira, 6, às 19h
Sala multi-função do Museu Joaquim Felizardo (Rua João Alfredo, 582)
Público-alvo: interessados em geral - 40 vagas
Outras informações podem ser obtidas pelos fones 3221-2825 e 3228-2788.
Neste final de semana acontecem os confrontos decisivos pelas duas categorias do campeonato municipal de futebol amador, edição 2008. No sábado, 8, a categoria veterano tem a terceira e última rodada da fase de quartas-de-final da competição. As equipes estão divididas em duas chaves e as duas melhores equipes de cada passam para as semifinais, que começam no dia 15. Os jogos prometem muita emoção, porque todas os times têm chances de classificação.
Pela categoria livre, as partidas acontecem no domingo, 9, e valem pelas quartas-de-final, só que no sistema mata-mata em jogo único. Caso ocorra empate, a decisão da vaga para as semifinais será por pênaltis.
Rodada deste fim de semana
Categoria Veterano - sábado
Campo do Ararigbóia - Rua Saicã, 6 - Jardim Botânico, 14h30 - Canarinho x Lomba do Sabão, 16h30 - Associação x Portuguesa. Campo do Parcão - Avenida Goethe - Bairro Moinhos de Vento14h30 - Palmeiras x Roma16h30 - Comerciário x Gaúcha
Categoria Livre - domingo
Campo do Ararigbóia - Rua Saicã, 6 - Jardim Botânico, 14h30 - 12 Horas/Paineira x Barão de Bagé16h30 - Planeta Mundial x Treze. Campo do Parcão - Avenida Goethe - Bairro Moinhos de Vento, 14h30 - Vila Real x América, 16h30 - Academia do Morro x Agrosantos

FZB apresenta ecossistemas na Redenção

A diversidade de formas de vida, ou biodiversidade, é hoje em dia um dos maiores patrimônios de uma nação. Devido aos seus diferentes tipos de ecossistemas terrestres, aquáticos e de áreas úmidas, distribuídos em dezenas de ecorregiões, o Brasil é considerado o país com a maior biodiversidade do mundo. No RS, esta grande diversidade biológica se manifesta na grande variedade de paisagens e ecossistemas.
Com esta abordagem o Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica do RS estará no Parque Farroupilha, com o Projeto Ciência na Praça. A mostra, que estará acontecendo no próximo domingo, dia 9, a partir da 10h, apresenta cinco ecossistemas gaúchos. Com estes ambientes, representados na montagem de micro-dioramas (pequenas maquetes), o Museu visa divulgar as variações dos ambientes naturais em diferentes regiões: Mata Atlântica, Floresta Estacional, Campos, Mata com Araucária e Planície Costeira.
Faz parte, também desta mostra, divulgação sobre o uso da biodiversidade no cotidiano das pessoas e uma abordagem sobre o aquecimento global e a responsabilidade de cada um nas mudanças climáticas.
Esta exposição registra o 53º aniversário do Museu, criado em 5 de novembro de 1955.
___________________________
O que: Ciência na Praça
Quem: Museu de Ciências Naturais/FZB-RS
Quando: 09 de novembro, das 10h às 16h
Onde: Parque Farroupilha, junto ao estacionamento, em frente à Reitoria da UFRGS
Amarildo, hoje, em A Gazeta, de Vitória. E Nani, em Charge On Line.


Os aniversariantes do dia 6 de Novembro

Hoje Daniela Cicarelli está completando 30 anos. A atriz Leona Cavalli faz 39 e Sally Field 62. Já Ciro Gomes (na foto, com a mulher, Patrícia) faz 51.









Leitor deixa comentário sobre Paulinho Paikan


Enrico deixou um novo comentário sobre a sua postagem


": toda essa história foi aumentada e dada grandes proporções, somente por causa da jovem que se diz vitima, sendo que a mesma ja tinha caso com Paiakan e com ciencia dos seus pais, pois paiakan ajudava a familia da Leticia dando comida e dinhero a eles, e a moça que se diz vitima viu nesse caso a oportunidade de ganhar fama e com isso dinhero, por isso inventou toda essa historia, sendo que na verdade a esposa de paiakan bateu em leticia por ciumes, após descobrir o relacionamento dos dois

quarta-feira, novembro 05, 2008

Jane Fonda.


*Para complementar a exposição de longa duração Transformações Urbanas - Porto Alegre de Montaury a Loureiro, o Museu Joaquim Felizardo realiza um ciclo de palestras com temas relacionados à Capital no período entre 1897 e 1943. Os encontros ocorrem mensalmente, sempre nas quintas-feiras, às 19h, com 40 vagas. Em parceria com a Câmara Rio-Grandense do Livro, a próxima palestra será nesta quinta-feira, 6, sobre a literatura em Porto Alegre até a década de 1940. O palestrante será o professor e escritor Luís Augusto Fischer, autor de diversos livros, como O edifício do lado da sombra, Quatro negros e Dicionário de porto-alegrês. Não há necessidade de realizar inscrições prévias para o próximo encontro, que terá entrada franca. Encontros à luz da memóriaPeriodicidade mensal Quinta-feira, 6, às 19hSala multi-função do Museu Joaquim Felizardo (Rua João Alfredo, 582)Público-alvo: interessados em geral - 40 vagas. Outras informações podem ser obtidas pelos fones 3221-2825 e 3228-2788.

*Interessados em participar do processo seletivo para ingresso nos cursos noturnos de Técnico em Contabilidade e Normal da Escola Municipal de Ensino Médio Emílio Meyer, em Porto Alegre, deverão providenciar a inscrição neste mês, no site http://www.emiliomeyer.zip.net/, onde também podem ser acessados os editais dos cursos.
Para o curso Normal, o candidato poderá optar entre as modalidades de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos e providenciar sua inscrição de 10 a 20 deste mês. A listagem de contemplados será divulgada em 1º de dezembro, no saguão da escola. O prazo para recursos será nos dias 1º e 2 de dezembro, das 15h às 21h, e a divulgação da listagem final dos contemplados ocorrerá em 8 de dezembro. O período de matrículas para o Curso Normal será de 8 a 12 de dezembro.
Contabilidade - Para o Curso de Técnico em Contabilidade, as inscrições serão de 24 a 30 de novembro, e a divulgação da listagem dos contemplados ocorrerá em 8 de dezembro. O período para recursos será nos dias 8 e 9 de dezembro, e a listagem final dos contemplados será divulgada no dia 10, na escola, quando terá início o período de matrículas, que irá até 12 de dezembro.
Mais informações pelos telefones (51) 3219-2608 e 3289-5990, das 14h às 22h, ou diretamente na escola, na Avenida Niterói, 472, Bairro Medianeira.

Crimes na Internet tem curso em três regiões

04/11/2008 14:00
A Polícia Civil do Rio Grande do Sul, com apoio da Academia de Polícia (Acadepol), promove, a partir desta terça-feira (04/10) a quinta edição do Curso Sobre Crimes Praticados na Internet. Sob a coordenação do delegado Emerson Wendt, o curso terá alunos de três regiões policiais do noroeste do Estado: Santa Rosa, Santo Ângelo e Três Passos. O evento é realizado em parceria com a Polícia Federal e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Com o objetivo de capacitar os agentes inscritos, o curso terá lugar no Laboratório de Informática do Campus da Unijuí em Santa Rosa, tendo como foco principal o combate ao crime cibernético, oportunizando o preparo e a instalação de redes de segurança e investigação, formatação e perícia em computadores e meios eletrônicos. Os instrutores, além do delegado Emerson Wendt, serão o agente da Polícia Federal, Rogério Nogueira Meirelles e o agente da Polícia Civil, Luís Fernando da Silva Bittencourt. Ao todo, 35 agentes e delegados farão estudos sobre tipologias de crimes cibernéticos e empreenderão exercícios de análise de sistemas e aplicativos eletrônicos, disponibilizados em redes locais e internacionais, estabelecendo os procedimentos corretos de investigação dos crimes praticados em meio eletrônico. Desde a primeira edição do curso, realizada em julho deste ano, já foram formados 129 agentes e delegados. A próxima edição está prevista para os dias 17, 18 e 19 de novembro, na sede da Acadepol. E terá como corpo discente os alunos-delegados, em formação na Academia. Outras 13 edições do curso têm realização prevista a partir de março de 2009. Na totalidade, o objetivo é formar, até o final das edições do curso, no mínimo, 500 agentes e delegados.
*A Faculdade de Medicina da PUCRS está com inscrições abertas para os cursos de mestrado e doutorado em Pediatria e Saúde da Criança. Informações adicionais podem ser obtidas no site www.pucrs.br/famed ou pelo telefone (51) 3339-6474. As inscrições são realizadas, até 21 de novembro, pela internet e na secretaria da Faculdade, no 5º andar do Hospital São Lucas (avenida Ipiranga, 6690 - Porto Alegre).
*A última edição do Projeto Fé & Cultura deste ano ocorrerá na próxima terça-feira, 11 de novembro e abordará o tema "Encíclica do Papa: salvos pela esperança - A Igreja e os Horizontes da vida". O palestrante será o padre e professor da Faculdade de Teologia da PUCRS (Fateo) Leomar Brustolin. Haverá uma confraternização a partir das 17h45min e a palestra iniciará às 18h15min no auditório do prédio 9, no Campus Central da Universidade (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). A entrada é franca.
Outras informações pelo site www.pucrs.br/feecultura ou e-mail feecultura@pucrs.br.
*"Mecânica e Fluidos" será o tema do próximo encontro "Física Experimental para Vestibulandos", que a PUCRS realiza na próxima sexta-feira, 7 de novembro. O palestrante, Délcio Basso, apresentará conceitos de física exigidos nos concursos vestibulares. Também serão resolvidas questões sobre a disciplina. A atividade ocorre a partir das 14h no auditório da Faculdade de Física, prédio 10 do Campus Central da Universidade (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). As inscrições são gratuitas, mediante a doação de um quilo de alimento não-perecível, e podem ser feitas pelo site www.pucrs.br/fisica ou telefone (51) 3320-3535.
*O Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS (MCT) realiza a exposição fotográfica "Ipês". A Mostra exibe imagens enviadas pela comunidade e ocorre até o dia 28 de fevereiro de 2009. As visitações podem ser realizadas de terças a domingos, das 9 às 17h. Outras informações podem ser obtidos no site www.pucrs.br/mct/eventos, pelo e-mail relacionamento.mct@pucrs.br ou telefone (51) 3320-3597.



Aniversariantes do dia 5 de Novembro


No dia de hoje nasceram o ator Roy Rogers (1911-98), a atriz Vivien Leigh (1913-67), o ator Sam Shepard (65 anos) e o músico Art Garfunkel (67 anos).









*O curso para formação de professores ecoeducadores, na sede da Reserva Biológica do Lami José Lutzenberger (Estrada Otaviano José Pinto), tem nova edição prevista para 11 de novembro, a partir das 9h. As atividades são coordenadas pela administradora da reserva, bióloga Patrícia Witt, e vêm sendo desenvolvidas durante todo ano letivo, sempre na segunda terça-feira de cada mês.
Os cursos integram o Programa de Educação Ambiental da reserva biológica e têm o objetivo pedagógico de qualificar as visitas orientadas àquela unidade de conservação, incentivando as comunidades escolares na elaboração de projetos educativos envolvendo a temática ambiental. O público-alvo é composto por professores das redes escolares, universidades, bem como demais instituições de ensino e pesquisa públicas e privadas. O número de vagas é limitado. Informações podem ser obtidas pelo telefone 3258-1314.

*A Secretaria Municipal da Cultura seleciona, pela primeira vez, projetos de pessoas físicas para criação, formação, estudos ou pesquisa na área artístico-cultural que sejam relevantes para Porto Alegre. Os dez selecionados receberão financiamento no valor de até R$ 15 mil, sob a modalidade de bolsas, a fundo perdido, do Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural (Fumproarte).
Os projetos deverão ser inscritos no Protocolo Central da prefeitura (Rua Sete de Setembro, 1123), no período de 10 a 21 de novembro de 2008, das 9h às 16h. O concurso não abrange o financiamento a projetos de produção artístico-cultural, objeto de editais semestrais específicos.
Edital e seus anexos estão disponíveis para download no portal http://www.portoalegre.rs.gov.br/fumproarte. Também podem ser obtidas cópias do documento mediante a apresentação de algum dispositivo de armazenamento de dados (disquete, CD-R, DVD-R, pen drive ou congênere), na gerência do Fumproarte (Av. Independência, 453) no horário das 9h às 12h e das 14h às 18h. Esclarecimentos a respeito deste edital poderão ser obtidos no endereço acima, pelos telefones 3289-8016 e 3289-8017 ou pelo e-mail: fumproarte@smc.prefpoa.com.br.

*Acontece sábado, 8, a partir das 8h, a oitava edição do Troféu Rubem Oliveira de atletismo estudantil no Parque Ramiro Souto (Avenida Osvaldo Aranha, 969) – Bom Fim.A competição é dividida nas categorias pré-mirim, mirim e infantil e as inscrições são abertas a escolas públicas e particulares e unidades da Secretaria de Esportes, Recreação e Lazer (SME).
Esse evento conta com o apoio da Associação de Veteranos Gaúchos de Atletismo (Avega), Associação Brasileira de Atletismo Máster (Abram) e do Colégio Militar. Esse ano, o professor homenageado da competição é João Paulo Rodrigues Martins, o Joca, já falecido e que trabalhava com deficientes visuais e na Avega. Mais informações podem ser obtidas pelo fone 3114-4877 ou com o professor Jaime, ou na secretaria do parque Ramiro Souto.

*Estão abertas as inscrições para o Cadastro Municipal de Artistas Plásticos de Porto Alegre, na Secretaria Municipal da Cultura, Coordenação de Artes Plásticas. Os interessados deverão dirigir-se ao Protocolo Central da prefeitura (Rua Sete de Setembro 1123) e abrir processo administrativo.
Para efetuar a inscrição, deverão ser anexados os seguintes documentos: formulário padrão do currículo artístico e ficha cadastral padrão, que estão disponíveis on line na seção de Artes Plásticas do site www.portoalegre.rs.gov.br/smc .
Mais informações podem ser obtidas na Usina do Gasômetro (Av. João Goulart, 551), na Coordenação de Artes Plásticas, 6° andar, sala 605 ou pelo telefone 3289 8124, das 9h às 12h e das 14h às 17h, de 2ª a 6ª feira.

*No próximo sábado, 8, os participantes do Viva o Centro a Pé vão passear por importantes pontos turísticos da capital gaúcha. O roteiro de aproximadamente duas horas inclui o Viaduto Otávio Rocha, a Catedral Metropolitana, a Praça da Matriz e a Cúria Metropolitana (com interiores). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones (51) 3289-3738 e 8114-5504 ou pelo e-mail vivaocentro@yahoo.com.br.

*Até o dia 20 de dezembro, os passageiros dos city tours realizados pelo ônibus Linha Turismo que fizerem a doação de um brinquedo novo ou em bom estado, no momento da compra da passagem, receberão descontos de R$ 2 na tarifa. A promoção é da Campanha Natal Alegre Linha Turismo, lançada pela Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR) e a Companhia Carris nesta segunda-feira, 3, quando o ônibus panorâmico circulou por diversos pontos da capital com 32 papais-noéis.Com o desconto no roteiro tradicional, que passa por atrativos mais próximos ao Centro, os ingressos custarão R$ 6, no primeiro andar, e R$ 8, no andar superior, que é aberto. No roteiro Zona Sul, que contempla dez bairros da Zona Sul da cidade, os ingressos serão R$ 8 e R$ 13, respectivamente.
Os brinquedos arrecadados no período da campanha serão destinados a entidades assistenciais ligadas à Prefeitura. O terminal do city tour fica na Travessa do Carmo, 84, bairro Cidade Baixa. As reservas para o ônibus podem ser feitas pelo telefone 3212.1628.

Estão abertas as inscrições para a sexta edição do Seminário Cultura, Memória e Folclore, que a Secretaria Municipal de Educação (Smed) promoverá paralelamente à 54ª Feira do Livro. Encontros literários e de línguas, oficina de música, concertos e palestras estão previstos no evento gratuito e aberto à participação da comunidade. A maioria das atividades ocorrerá na Casa do Pensamento, no Ateliê da Imagem e no Largo da Escrita, na feira.
De acordo com a coordenadora do seminário, Cristina Rolim, o objetivo é proporcionar a oportunidade de dialogar sobre inúmeros temas e, sob diversos aspectos, além de potencializar projetos existentes nas ecolas municipais. “O evento visa a apresentar ações que intensifiquem e discutam os conceitos de cultura, memória e folclore, procurando contemplar uma variedade de possíveis articulações. Assim, a cultura em geral e a memória, bem como a interface com as possibilidades apresentadas nos contextos globais de pertencimentos humanos e as expressividades, são propostas objetivadas”, adianta.
Inscrições - Inscrições e informações pelo telefone (51) 3289-1841 e pelo e-mail cristinarolim@smed.prefpoa.com.br. Para a inscrição, devem ser fornecidos nome completo, telefones, e-mail e informar as atividades de interesse no evento realizado pela Smed com apoio da Fundarte, Câmara Rio-Grandense do Livro e das editoras Saraiva/Formato/Atual, Multilivro e Companhia das Letras. Veja aqui programação e número de vagas.
*Estão abertas as inscrições para a sexta edição do Seminário Cultura, Memória e Folclore, que a Secretaria Municipal de Educação (Smed) promoverá paralelamente à 54ª Feira do Livro. Encontros literários e de línguas, oficina de música, concertos e palestras estão previstos no evento gratuito e aberto à participação da comunidade. A maioria das atividades ocorrerá na Casa do Pensamento, no Ateliê da Imagem e no Largo da Escrita, na feira.
De acordo com a coordenadora do seminário, Cristina Rolim, o objetivo é proporcionar a oportunidade de dialogar sobre inúmeros temas e, sob diversos aspectos, além de potencializar projetos existentes nas ecolas municipais. “O evento visa a apresentar ações que intensifiquem e discutam os conceitos de cultura, memória e folclore, procurando contemplar uma variedade de possíveis articulações. Assim, a cultura em geral e a memória, bem como a interface com as possibilidades apresentadas nos contextos globais de pertencimentos humanos e as expressividades, são propostas objetivadas”, adianta.
Inscrições - Inscrições e informações pelo telefone (51) 3289-1841 e pelo e-mail cristinarolim@smed.prefpoa.com.br. Para a inscrição, devem ser fornecidos nome completo, telefones, e-mail e informar as atividades de interesse no evento realizado pela Smed com apoio da Fundarte, Câmara Rio-Grandense do Livro e das editoras Saraiva/Formato/Atual, Multilivro e Companhia das Letras. Veja aqui programação e número de vagas.
A saída será às 10h, no totem do Caminho dos Antiquários, na Demétrio Ribeiro, em frente à Praça Daltro Filho, no encontro das ruas Coronel Genuíno e Marechal Floriano. Em caso de chuva, o evento será transferido para o sábado seguinte. Quem quiser, poderá doar um quilo de alimento, que será encaminhado a instituições do município.
Quem orienta - a sétima edição da caminhada terá a orientação do professor de História da Arquitetura e Projeto Arquitetônico da Faculdade de Arquitetura da Ufrgs, Cláudio Calovi Pereira, doutor em Arquitetura pelo MIT (Cambridge, EUA). Cláudio também atua como orientador nos programas de mestrado e doutorado do Propar-Ufrgs.
As caminhadas do Viva o Centro a Pé são realizadas duas vezes por mês, sempre aos sábados, orientadas por professores especialistas em história ou arquitetura. A iniciativa é das secretarias do Planejamento Municipal e da Cultura e do Programa Viva o Centro. Outras informações podem ser obtidas no site www.portoalegre.rs.gov.br/vivaocentro
Antiquários O projeto Caminho dos Antiquários integra o Viva o Centro, um dos 21 programas estratégicos do governo municipal. Com o objetivo de revitalizar a área central, o espaço repleto de lojas de antiguidades foi transformado em uma grande feira a céu aberto. A Rua Marechal Floriano é fechada entre a Fernando Machado e a Demétrio Ribeiro, e as lojas colocam os produtos na rua.

* O Curso Básico de Prática Restaurativa promovido pelo projeto Justiça para o Século 21 – Instituindo Práticas Restaurativas, do qual a Secretaria Municipal de Educação (Smed) é parceira institucional, tem inscrições até hoje, 4. Os encontros acontecerão, nos dias 5, 12, 19 e 26 de novembro, das 9h às 17h30, na Residência Universitária Santa Teresa de Jesus (Avenida João Pessoa, 547). A formação é dirigida a professores da Rede Municipal de Ensino para que possam coordenar ciclos restaurativos nas escolas.
Segundo a assessora da Smed Cláudia Machado, o objetivo do curso é formar lideranças em Justiça Restaurativa, embasar teoricamente a formação dos coordenadores de práticas restaurativas, apoiar a criação de grupos de estudo e difundir a implantação do projeto. “A Justiça Restaurativa, nas escolas, não pretende ser uma verdade definitiva.
O sucesso ou o insucesso do projeto depende do envolvimento das pessoas no processo de pacificação. A não-violência é uma opção pessoal, mas buscamos dar embasamento para que possa ser praticada”, afirma Cláudia. Interessados em participar devem solicitar inscrição pelo e-mail claudiamachado@smed.prefpoa.com.br ou telefone (51) 3289-1956.
Justiça Restaurativa - Além de ser um método de resolução não-violenta de conflitos, a Justiça Restaurativa consiste em um novo modelo de justiça que assume as relações prejudicadas por situações de violência como preocupação central e que se orienta pelas conseqüências e danos causados e não pela definição de culpados e punições.A Justiça Restaurativa valoriza a autonomia e o diálogo entre as pessoas, criando oportunidades para que os envolvidos em situações de violência (ofensor, vítima, familiares, comunidades) se expressem e participem da construção de ações concretas para prevenir a violência e lidar com suas implicações.

*O espetáculo A Vida Sexual dos Macacos, do grupo Teatro Sarcáustico, estréia nesta sexta-feira, 7, às 20h, na Sala 302 do Centro Cultural Usina do Gasômetro. A temporada vai até dia 30, sextas, sábados e domingos. Primeiro monólogo do ator Daniel Colin (três vezes indicado ao Prêmio Açorianos de Teatro como Melhor Ator), esta comédia nada convencional conta a história de um personagem desorientado, tanto moral quanto sexualmente, que vem desnudar seus segredos na frente do público, expondo-se de maneira engraçada, mordaz e surpreendente.
A encenação visa aproximar ator e espectador, numa atmosfera bastante performática, onde a utilização de elementos cênicos inusitados e a participação de um coadjuvante pouco ortodoxo ajudam a conduzir a história. O texto de Felipe Vieira de Galisteo e do próprio Daniel Colin tem como referência idéias contidas em obras de David Foster Wallace, Ernest Cline, J.D.Salinger, Nick Silver, Philip Roth e Sergí Belbel para falar sobre situações comuns - mas marcantes - na vida das todos nós.
O espetáculo A Vida Sexual dos Macacos integra o projeto Usina das Artes, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre.
Ficha Técnica
Direção: Felipe Vieira de Galisteo.Atuação: Daniel Colin.Participação Especial: Rossendo Rodrigues.
O quê: A Vida Sexual dos Macacos - Grupo Teatro Sarcáustico Quando: 7 a 30 de novembro (sex., sab. e dom.) às 20hOnde: Sala 302 do Centro Cultural Usina do Gasômetro Ingresso: R$ 10 (meia entrada para classe artística, idosos, estudantes e assinantes do Correio do Povo) Antecipados com desconto na Loja Manlec Mega Store, no Centro de Porto Alegre.

*Para complementar a exposição de longa duração Transformações Urbanas - Porto Alegre de Montaury a Loureiro, o Museu Joaquim Felizardo realiza um ciclo de palestras com temas relacionados à Capital no período entre 1897 e 1943. Os encontros ocorrem mensalmente, sempre nas quintas-feiras, às 19h, com 40 vagas.
Em parceria com a Câmara Rio-Grandense do Livro, a próxima palestra será nesta quinta-feira, 6, sobre a literatura em Porto Alegre até a década de 1940. O palestrante será o professor e escritor Luís Augusto Fischer, autor de diversos livros, como O edifício do lado da sombra, Quatro negros e Dicionário de porto-alegrês.
Não há necessidade de realizar inscrições prévias para o próximo encontro, que terá entrada franca.
Encontros à luz da memória- Periodicidade mensal- Quinta-feira, 6, às 19hSala multi-função do Museu Joaquim Felizardo (Rua João Alfredo, 582) Público-alvo: interessados em geral - 40 vagas
Outras informações podem ser obtidas pelos fones 3221-2825 e 3228-2788.
*A Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura apresenta até o dia 9 o projeto Ásia: a nova onda oriental, reunindo uma mostra de nove filmes, quatro deles inéditos no Brasil, e uma exposição do artista suíço Beat Streuli. A mostra ocorre na Sala P. F. Gastal, 3º andar da Usina do Gasômetro. A exposição de Beat Streuli, que mostra um slide-show e um vídeo realizado na China, inaugura no dia 6 de novembro, na Galeria Lunara, 5º andar, permanecendo até 7 de dezembro.
Desde fins do século passado, as economias asiáticas vêm ganhando novo impulso, despertando crescente interesse por seu espantoso crescimento, traduzido não apenas pela farta demanda e produção de bens de consumo em geral, mas também por sua renovada produção de bens culturais. Em face disso, a programação procura investigar o fenômeno asiático através do audiovisual, buscando compreender os matizes culturais desta parcela do Oriente em emergência.
Beat Streuli - De nacionalidade suíça, o artista Beat Streuli elegeu o deslocamento entre as metrópoles como rota de atuação. A partir de viagens constantes a algumas das mais representativas cidades do planeta – Tóquio, Nova Iorque e Telaviv, por exemplo –, ele compõe vastos painéis onde figuram rostos perdidos em meio às multidões, justapostos em impressões fotográficas de dimensões tão grandiosas quanto uma muralha construída no deserto da Jordânia ou em slide-shows que alternam expressões faciais em múltiplas combinações aparentemente aleatórias.
Em sua larga maioria pedestres absortos, alheios à câmera que os registra em momentos de distração ou profunda reflexão íntima, os objetos de Streuli são pessoas comuns, anônimas, que surgem na obra do artista como figurantes na orquestração maior das vidas humanas. O resultado dessas composições constitui um quase “não-trabalho”, isto é, um registro distanciado e minimalista de homens e mulheres em suas peregrinações, coordenados por motivos tão subalternos e mundanos quanto nos impõem as rotinas cotidianas nas grandes cidades mundiais.
Mosaico - Em Porto Alegre, Streuli apresenta dois de seus mais recentes trabalhos, ambos feitos em Guanzhou, na China. Uma projeção fotográfica e um vídeo rodado em uma estação de trem serão exibidos na Galeria Lunara, formando um mosaico de rostos humanos reveladores das angústias, esperanças e anseios da população que hoje mais cresce no planeta. O coquetel de abertura da exposição de Streuli será no dia 6 de novembro, às 19h30, com a presença do artista. Já no dia 7, também às 19h30, Streuli estará na Sala P. F. Gastal, conversando com o público sobre o seu trabalho.
*Manduri, Guaraipo e Tubuna são espécies de abelhas sem ferrão extremamente importantes, tanto no processo de polinização quanto para a produção de mel diferenciado. Além disso, as duas primeiras estão ameaçadas de extinção no Rio Grande do Sul. Foi a partir desses fatos que, no início de 2007, surgiu o Projeto Manduri, uma parceria entre Instituto do Meio Ambiente da PUCRS (IMA) e a ONG Associação de Apicultores Papa Mel, situada em Rolante. Através do trabalho dos especialistas em abelhas da PUCRS e algumas comunidades rurais, as três espécies de insetos começaram a ser criadas junto a ambientes naturais, em propriedades de agricultura familiar. A chegada das abelhas nas propriedades ocorreu juntamente com um programa de capacitação a respeito da escolha dos locais de instalação da colméia e de práticas utilizadas para o seu manejo racional, a exemplo da multiplicação das colônias. As abelhas sem ferrão constroem seus ninhos em ocos de árvores, o que inspira a manutenção e o reflorestamento com espécies nativas. O projeto foi concluído este ano em Rolante, Riozinho e no Centro de Pesquisas e Conservação da Natureza Pró-Mata, unidade da PUCRS em São Francisco de Paula. Mesmo depois de seu término, o projeto tem obtido resultados promissores. Além de se tornar livro, um trabalho de doutorado e outro de iniciação científica da PUCRS, aproveitarão as colméias situadas em uma das localidades rurais, gentilmente cedidas por um dos participantes do programa, para pesquisas científicas. Além disso, novas comunidades estão se manifestando, interessadas no exercício do Projeto Manduri como foi concebido originalmente.
O "Manual de boas práticas para a criação e manejo racional de abelhas sem ferrão no RS - Guaraipo, Manduri e Tubuna" será lançado pela Editora Universitária da PUCRS (Edipucrs) em parceria com a Associação Papa Mel. O lançamento será no dia 13 de novembro, às 18h30min, na Praça de Autógrafos da 54ª Feira do Livro de Porto Alegre. Os livros serão vendidos com 30% de desconto no estande da Edipucrs na Feira (banca 59) e na Livraria da editora, prédio 41 do Campus Central (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). O valor da obra é R$ 15,00, mas com o desconto será vendido por R$ 10,50. Informações sobre o Projeto Manduri podem ser obtidas no site www.pucrs.br/ima/promata/manduri.
* Texto produzido por alunos do Projeto Oficina de Imprensa da Faculdade de Comunicação Social da PUCRS* - *
*A estudante do curso de Relações Públicas da Faculdade de Comunicação Social da PUCRS (Famecos) Ana Barreto tirou o 1º lugar na categoria Monografia Empresarial na 26ª edição do Prêmio ABRP 2008. Ela foi orientada pela professora Cleusa Scrofernecker. A estudante Lauren Aita, orientada pelo professor Roberto Simões, recebeu o 2º lugar na Categoria Monografia Valorização da Profissão.
*Identificar o problema, buscar as soluções com planejamento e criar as ações da campanha propriamente ditas. Estas são as etapas desenvolvidas pelos alunos do curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade de Comunicação Social da PUCRS com o objetivo de criar uma campanha publicitária para a Fundação Thiago Gonzaga. A atividade faz parte da disciplina de Projeto de Campanha em Publicidade e Propaganda do 8° semestre.
Simulando uma concorrência pública, como acontece no mercado de trabalho publicitário, os alunos das professoras Cristiane Mafacioli, Luciana Braun e Sílvia Koch são divididos em grupos, estruturados a partir das funções exercidas em uma agência, para desenvolverem projetos de campanha publicitária. A instituição, que é pelo segundo semestre "cliente" dos alunos, escolhe o foco que vai querer para a campanha a ser desenvolvida.
Neste semestre, a idéia central é a relação do trânsito com a bebida alcoólica em época de verão. Recentemente, o núcleo de pesquisas da Allcon Consultoria desenvolveu um levantamento para a fundação onde ficou constatado que 73,5% dos jovens entrevistados são favoráveis a Lei Seca. Além disso, a entidade é reconhecida pelos estudantes, inclusive nos locais onde a Instituição não tem sede. Ao todo, 59,8% dos pesquisados disseram já ter ouvido falar na Fundação, e 77,4% já ouviram falar sobre o Programa Vida Urgente.
Ao final do período, os alunos do curso de Publicidade e Propaganda apresentam seus projetos para uma banca formada pelo cliente, convidados da área profissional e professores. Esta banca pontua os grupos e o vencedor tem sua campanha veiculada nos meios de comunicação a serem definidos e escolhidos por responsabilidade do cliente.
Neste ano, a banca de avaliação está marcada para o dia 19 de novembro, às 19h30min. O local é o auditório do prédio 9, no Campus Central da Universidade (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). A atividade é aberta ao público.

* Texto produzido por alunos do Projeto Oficina de Imprensa da Faculdade de Comunicação Social da PUCRS* - *
* A Biblioteca Central Irmão José Otão terá horários de atendimento alterados nesta semana, devido à cerimônia de inauguração de suas novas instalações e seus preparativos. Nesta terça-feira, 4 de novembro, as atividades encerram mais cedo, às 20h. Na quarta-feira, dia 5, a Biblioteca abrirá às 9h45min. No dia da inauguração, 7 de novembro, o acesso ao público será aberto somente às 14h.
A solenidade de lançamento da nova Biblioteca Central acontece nesta sexta-feira, às 10h, e contará com a participação de autoridades, da administração superior e da comunidade acadêmica, com abertura da Orquestra Filarmônica da Universidade.
Na segunda-feira, dia 10, a Biblioteca abre normalmente para o público, das 7h45min às 22h50min, e aos sábados, das 7h45min às 17h30min. Informações adicionais no site www.pucrs.br/biblioteca ou pelo telefone (51) 3320-3544.
* A palestra do sócio-diretor da GlobalComm, Daniel Skowronsky, será às 19h45min desta quarta-feira, 5 de novembro, no auditório do prédio 7 do Campus Central da PUCRS (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). No release divulgado anteriormente, na segunda-feira, 3 de novembro, o horário não foi informado. Ele falará do tema "Mudanças e tendências da Publicidade após o Festival de Cannes 2008", dentro das atividades do evento + SET, promovido pela Faculdade de Comunicação Social (Famecos). No dia 14 de novembro a jornalista Eliane Brum, repórter especial da Revista Época, trata do seu novo livro, "Olho da Rua", às 9h, no mesmo local. Ambas as palestras têm entrada franca.

terça-feira, novembro 04, 2008


* O Quarteto de Cordas da Orquestra Filarmônica da PUCRS se apresentará nesta quarta-feira, 5 de novembro, dentro do projeto Sobremesa Musical. O evento tem entrada franca e acontece das 13h às 13h30min no átrio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), prédio 9 do Campus Central da Universidade (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). A promoção é do Instituto de Cultura Musical. Outras informações e sugestões para os próximos eventos no site www.pucrs.br/icm ou pelo telefone (51) 3320-3582.
* A exposição "Memória Visual de Porto Alegre e as transformações da cidade - 1880-1960&qupt; estará no Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS (MCT) a partir desta terça-feira, 4 de novembro. A mostra itinerante é organizada pelo Museu de Comunicação Social Hipólito José da Costa, instituição da Secretaria de Estado da Cultura. O trabalho é resultado de um projeto realizado no acervo fotográfico daquele museu e teve como objetivo a construção de uma base de dados sobre a cidade de Porto Alegre. Serão expostas 30 imagens digitalizadas a partir de filmes fotográficos. Haverá, também, a projeção de imagens do livro "Memória Visual de Porto Alegre". A obra foi organizada por Denise Stumvoll e Naida Menezes e apresenta 230 imagens da cidade, com temas sobre as transformações urbanas, trabalho, manifestações políticas, sociabilidade e história da fotografia. A exposição poderá ser visitada até o dia 25 de janeiro de 2009, de terças a domingos, das 9 às 17h. A cerimônia oficial de abertura da exposição e projeção das imagens do livro será no dia 10 de novembro, às 18h, no prédio 40 (avenida Ipiranga, 6681 - Porto Alegre). Outras informações pelo telefone (51) 3320-3597.
* O Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS (MCT) realiza ações especiais para aniversariantes. O "Aniversário Genial" oferece isenção para o aniversariante e desconto no ingresso para os convidados. As atividades são acompanhadas por uma equipe especializada, composta por monitores capacitados, que mostrarão os shows científicos e oficinas criativas, que têm o objetivo de sensibilizar sobre a preservação da natureza. São disponibilizados convites personalizados para os convidados, um cartão especial parabenizando o aniversariante, espaço para confraternização e shows em horários alternativos de acordo com as necessidades do grupo. Além da interação com um robô, a exposição é composta de três andares de aprendizado, abrangendo áreas que vão deste o universo até o corpo humano, possibilitando às crianças entretenimento e ciência, aliando conhecimentos adquiridos em aula a aspectos reais do cotidiano. As visitas podem ser realizadas de terças a domingos e devem ser agendadas com antecedência, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelo e-mail relacionamento.mct@pucrs.br, ou pelo telefone (51)3320-3521, com Larissa ou Donateli.
* Porto Alegre recebe nesta sexta-feira, 7 de novembro, um novo espaço cultural, para leitura, aprendizado e reflexão. A PUCRS inaugura a sua nova Biblioteca Central Irmão José Otão, com 21 mil metros quadrados distribuídos em 14 pavimentos, com tecnologia avançada de rastreamento e identificação de documentos, auto-devolução e auto-empréstimo de obras, sendo considerada a mais avançada biblioteca da América do Sul. "É um novo conceito de biblioteca. O usuário terá mais autonomia e acesso facilitado aos conteúdos", explica o diretor, César Mazzillo.
Além disso, estão disponíveis mais computadores, em bancadas com iluminação especial, dezenas de salas de estudo coletivas e individuais equipadas com computadores, cadeiras e mesas confortáveis, rede sem fio de internet e espaços para descanso e leitura, com sofás, luz natural e tranqüilidade. Na solenidade de inauguração, às 10h, a Universidade também comemorará os seus 60 anos, lançando o livro "PUCRS - 60 Anos de História" e o Catálogo de Pesquisas PUCRS 2008. O evento contará com a participação de autoridades, da administração superior e da comunidade acadêmica, com abertura da Orquestra Filarmônica da Universidade.
Ainda na Biblioteca, as áreas de conhecimento Ciência e Tecnologia, Linguagem e Artes, Humanas, Sociais Aplicadas, são representadas por cores. Os livros, periódicos, CDs ou teses de cada área, foram unificados, e podem ser encontrados no mesmo local. O espaço não é restrito aos alunos, professores e funcionários. A comunidade pode usufruir da biblioteca para leitura de obras, jornais, revistas, utilizar os computadores, só sendo necessária a realização de um cadastro prévio. No 2º e 3º pavimento, por exemplo, há um espaço com mesas, cadeiras e sofás, criado para o aconchego, com abundante luz natural e visão das árvores, plantas e flores do Campus.
Dois pavimentos são dedicados aos acervos especiais e obras raras. O 6º recebe mapas, obras iconográficas e publicações da Universidade, disponíveis a pesquisa e leitura. O 7º está com o Delfos ¿ Espaço de Documentação e Memória Cultural, com acesso restrito e ambientes próprios para estudo individual e em grupo, pesquisa, consulta e armazenamento de 24 acervos culturais e literários detidos pela Universidade.Tecnologia
"O diferencial está na tecnologia", garante o diretor. Além da Pesquisa Múltipla, que possibilita pesquisas em várias fontes de informação da Biblioteca utilizando os programas Metalib e SFX, todos os exemplares estão recebendo etiquetas de identificação por radiofreqüência, o que deve ser finalizado no primeiro semestre de 2009.
Equipamentos como o guarda-volumes e o auto-atendimento darão autonomia aos usuários, o que, conforme o diretor, era uma das prioridades das mudanças. Os guarda-volumes são armários digitais com senhas voláteis, e serão usados por alunos, professores, funcionários e visitantes. Mecanismos pioneiros no Brasil permitirão o auto-empréstimo e a auto-devolução de materiais, sem a necessidade de atendimento no balcão.

segunda-feira, novembro 03, 2008

A Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) recebe, até o dia 12, os projetos das entidades interessadas em implementar, por meio de convênio, o programa ProJovem Adolescente nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Destinado a atender adolescentes de 15 a 18 anos incompletos, pertencentes a famílias carentes, o programa oferece atividades socioeducativas em horários alternados à escola e o benefício do Bolsa Família. Em Porto Alegre, será implantado em nove núcleos (cada um atendendo 25 jovens) distribuídos em sete Cras, beneficiando um total de 225 adolescentes. Os projetos devem ser entregues na Coordenação da Rede Básica da Fasc (Av. Ipiranga, 310, 4º andar), no horário das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h.
O programa será implantado nos Cras Extremo Sul, Sul/Centro Sul, Cristal, Timbaúva e Norte, Partenon, Bom Jesus e Ilhas e Noroeste. Cada entidade poderá candidatar-se a até três núcleos, devendo apresentar projeto específico para cada região. Uma comissão formada por servidores da Fasc, representantes do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) avaliará os projetos. Após o julgamento nos dias 13 e 14, o resultado será publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) no dia 18, ficando disponível na Internet (www.portoalegre.rs.gov.br/dopa) e na Coordenação da Rede Básica da Fasc.
Desenvolvimento- Nos núcleos do ProJovem, serão desenvolvidas atividades que estimulem a convivência familiar e comunitária, propiciando o desenvolvimento pessoal e social. Também é objetivo informar o adolescente sobre o mercado de trabalho e capacitá-lo para ser agente de transformação e desenvolvimento de sua comunidade. Financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o programa visa contribuir para a diminuição dos índices de violência, da incidência de doenças sexualmente transmissíveis, de gravidez não planejada e do uso de drogas.

Quartas de final do varzeano de futebol amador

O campeonato municipal de futebol amador edição 2008 teve prosseguimento nesse final de semana com jogos eletrizantes. No sábado, 1º, ocorreu a segunda rodada das quartas-de-final do veterano. Nesta fase, as equipes são divididas em duas chaves e as duas melhores passam para as semifinais. Neste sábado será realizada a terceira e última rodada destas quartas-de-final.
No domingo, 2, aconteceram os confrontos de oitavas-de-final da categoria livre. O sistema é de jogos mata-mata em uma única partida. Em caso de empate, a partida foi decidida em pênaltis. Os oitos melhores (*) estão classificados para as quartas-de-final.
Confira todos os resultados desse final de semana:
Categoria Veterano - sábado
Campo do Parcão - Avenida Goethe - Bairro Moinhos de Vento: Lomba do Sabão 2 x 1 Palmeiras, Roma 0 x 1 Canarinho
Campo do Ararigbóia - Rua Saicã, 6 - Jardim Botânico: Gaúcha 1 x 6 Associação Portuguesa 1 x 1 Comerciário
Categoria Livre - domingo
Campo do Ararigbóia - Rua Saicã, 6 - Jardim Botânico: 12 Horas Paineira* 1 x 0 Barão Ciatron Planeta Mundial* 2 x 1 F.M.Q
Parque Tamandaré - Avenida Taquara, 609 - PetrópolisVila Real* 3 x 1 Figueira, Academia do Morro* 3 x 0 Chácara/Sperb
Parque Ramiro Souto - Avenida Osvaldo Aranha, 969 - Bom FimBanguzinho 1 x 1 Agrosantos* (3 a 5 nos pênaltis) A.S.Roma 0 x 1 América (Liarb)*
Campo do Parcão - Avenida Goethe - Bairro Moinhos de VentoTreze* 3 x 1 Unidos/Flamengo, Ájax/Cruzeiro 1 x 1 Barão de Bagé* (2 a 3 nos pênaltis)
(*) classificados para as quartas-de-final

Parque Ararigbóia tem atividades até dezembro

As fotos, por ordem: equipe de vôlei da professora Denise - Loreti, a coordenadora -Leônidas e Josias - Ariel, de 12 anos. * Clique nas imagens para ampliá-las.





O Parque Ararigbóia, na rua Saicã, encerra suas atividades normais no próximo dia 15 de dezembro, entrando em recesso até março, quando acontecem as inscrições para as novas vagas oferecidas para o primeiro semestre de 2009. Nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro os professores do Parque serão transferidos para os chamados "centros de comunidade" mantidos pela Secretaria Municipal de Esporte, Recreação e Lazer.
Com cerca de 700 alunos, ou participantes, o Parque Ararigbóia é o principal centro de lazer e esportes aberto à comunidade em geral nos bairros Jardim Botânico e Petrópolis. Segundo a coordenadora, professora Loreti Rucati, a exemplo que que vem acontecendo nos últimos anos, a procura sempre supera o número de vagas ofertadas, o que obriga a escolha através de sorteio. "Nem gostamos muito de divulgar isso pois não temos mais vagas", afirma, lembrando que as inscrições agora só acontecerão na primeira quinzena de março, em dia ainda a ser definido.
VOLEIBOL - Nesta segunda-feira à tarde a Escolinha de Voleibol realizava seus treinos, na quadra poliesportiva do ginásio, comandados pela professora Denise Oliveira, que está aqui há três anos, dando aulas específicas desta modalidade esportiva. A atividade acontece em três horários distintos, para alunos a partir de 10 anos de idade, gratuitamente, às segundas e quartas-feiras. São cerca de 50 jovens, homens e mulheres, a maioria residentes no Jardim Botânico e em Petrópolis, embora existam alguns que procedem de outros bairros e até mesmo de Viamão. O treino dura 1 hora e 15 minutos, com moças e rapazes jogando nos dois times.
Conforme a professora Denise - que, antes de fazer concurso para a Prefeitura de Porto Alegre, foi professora aposentada do Estado - a maioria dos alunos vem simplesmente para aprender, e porque gostam do esporte, "ou tem dificuldades na escola". Mesmo assim, notou ela, em geral não são de famílias de baixa renda, como acontece, por exemplo, no futebol. "Acho isso curioso. E também temos certa dificuldade para preencher a turma, a procura não é grande ("Nunca passou de mais de 20"), só acontece mesmo com mais intensidade na época das Olimpíadas", informa, ressaltando que seu compromisso como professora "é fazer com que eles saiam daqui melhores do que chegaram".
SOGIPA - Entre os que circulavam no ginásio estava a pequena Rejane Borges, de 15 anos, moradora do Jardim Botânico, e Lucas Ariel, um garoto de 12 anos que quer ser jogador de vôlei, embora ainda não tenha estatura para isso. Lucas está no Parque há apenas um mês, e ecombina as aulas de vôlei com as de tênis, que faz na Escola Superior de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a ESEF, na rua Felizardo.
Morador da avenida Salvador França, ele vem de um lar problemático - o pai foi assassinado - e encontrou no esporte uma forma de ocupar o tempo: "Não tenho nada que fazer nesse horário". Lucas estuda na sexta séria da Escola Padre Rambo, na avenida Bento Gonçalves, e tem mais um irmão, que joga futebol, além de duas irmãs casadas.
Já Josias Góis tinha vindo ao Parque Ararigbóia hoje especialmente para rever Denise, sua primeira professora de vôlei, quando ele tinha apenas 11 anos e frequentava um centro comunitário no bairro Partenon. Felizes da vida, os dois se cumprimentaram - "esse foi meu aluno e já está se formando", disse ela, com satisfação.
De fato, Josias - que é filho de um engenheiro mecânico e de uma secretária, e reside perto do Carrefour - cursa o sétimo semestre de Educação Física na ESEF, e se formará no ano que vem. Embora more com seus pais, ele já dá aulas em um colégio da URGS no bairro Agronomia, para alunos de primeiro e segundo graus. Josias saiu do Ararigbóia para jogar na SOGIPA - a Sociedade Ginástica de Porto Alegre, nas equipes infantil, infanto-juvenil e juvenil, indicado pela professora Denise. "Mas em 2006 a Sogipa cortou a verba do vôlei para investir no Judô e no Atletismo. Agora estão voltando".
O futuro professor ficou feliz em encontrar um amigo, Leônidas Soares Pereira, que reside com os pais na rua Itaboraí, e é, claro, em rever a professora que o revelou.