Translate

segunda-feira, abril 25, 2016

Bob Kennedy em Porto Alegre, dois anos depois do assassinato do irmão John



No dia 30 de novembro de 1965 - ou seja, dois anos depois do assassinato do seu irmão John, trigésimo quinto presidente dos Estados Unidos, em Dallas, no Texas - o então senador Robert Kennedy passava por Porto Alegre, onde ficou por breves momentos e causou frisson entre autoridades e populares - especialmente as moças, que, alvoroçadas e aos gritos, insistiam em beijá-lo. Vindo de Buenos Aires a bordo de um Caravelle da Cruzeiro do Sul, Bob driblou o serviço de segurança do aeroporto Salgado Filho e saiu caminhando normalmente pela pista. Saudado em seguida por alunas do Instituto de Educação Flores da Cunha, o político fez um breve pronunciamento antes de embarcar novamente na aeronave que o conduziria a São Paulo. O governador gaúcho, à época, Ildo Meneghetti, não estava na capital e não pode recepcionar a autoridade que, a exemplo do seu irmão, também tombaria assassinada a tiros, três anos depois, em 6 de junho de 1968, no Hotel Ambassador, em Los Angeles, Califórnia, aos 42 anos de idade. Quando passou por Porto Alegre Bob era considerado um potencial candidato a presidente dos EUA e tinha apenas 39 anos. As reproduções são do Correio do Povo.

Nenhum comentário: