Translate

sábado, julho 22, 2017

Chapecó em 1972, uma cidade que já antevia o seu extraordinário desenvolvimento

Hoje com mais de 200 mil habitantes e uma das economias mais ricas e prósperas do sul do Brasil, Chapecó, no oeste catarinense (mais de 400 km de Florianópolis), naquele início dos anos setenta, já havia encerrado o ciclo da madeira, a época pioneira da derrubada de vastos pinheirais, nas primeiras décadas do século vinte - ciclo este que viria a formar o capital inicial que impulsionou o seu extraordinário desenvolvimento. Prestes a completar 100 anos de emancipação - o que acontecerá no próximo dia 25 de agosto - Chapecó é considerada um dos cinco mais importantes municípios de Santa Catarina e ostenta os títulos de "capital da agroindústria" e "capital das feiras de negócios". Grandes empresas de alimentos,  sobretudo no ramo de suínos e frangos, estão instaladas na cidade que se tornou, mais recentemente, conhecida dos noticiários internacionais pela tragédia que se abateu sobre o time local de futebol em sua viagem aérea para a disputa da final da Copa Sul Americana de futebol.
Na foto uma vista de Chapecó em 1972 - 45 anos atrás. Reprodução do Correio do Povo.

Nenhum comentário: