Translate

segunda-feira, julho 21, 2014

Tony Tornado e a BR-3 em Porto Alegre


Final de 1970. Tempos complicados e sombrios. Milagre econômico. Brasil tricampeão mundial de futebol no México. Médici presidente e general. Tony Tornado era o maior sucesso com sua música BR-3. A gente corre e a gente morre na BR-3... Os negros lutavam pelos seus direitos nos Estados Unidos, e no Brasil a moda era o cabelo black-power. Tornado e o Trio Ternura - também formado por negros - chegavam a Porto Alegre, cidade de menos de 1 milhão de habitantes, para shows no Teatro Leopoldina.
Embora vigoroso e não aparentando a idade que tem, hoje Tony Tornado é um homem de mais de 80 anos, que continua fazendo suas participações na televisão, como ator, não mais apresentando shows musicais. Reprodução da coleção do Arquivo Histórico de Porto Alegre. Correio do Povo.

Nenhum comentário: