Translate

domingo, novembro 08, 2015

Pedro Carneiro Pereira, histórico narrador da Guaíba, em julho de 1968

Em 1968 a Companhia Jornalística Caldas Júnior, com seus veículos líderes - Correio do Povo e Rádio Guaíba - virtualmente detinha o controle da opinião pública gaúcha, graças à incrível penetração da emissora e do jornal, esta último então o maior da região sul do Brasil. A Guaíba, com seu padrão elegante e sua grande potência e credibilidade, ditava as regras do bom gosto em rádio e contava com os melhores profissionais também no esporte. Era o caso do narrador Pedro Carneiro Pereira, o maior nome das transmissões futebolísticas da rádio de Breno Caldas. Além de radialista, Pedro tinha também o hobby de pilotar carros de corrida, o que lhe foi fatal no domingo, 21 de outubro de 1973, quando veio a falecer devido a um terrível acidente no autódromo de Tarumã, recentemente inaugurado. Ele tinha 35 anos e deixava mulher e filhos. Nesta reprodução do Correio, de 1968, Carneiro é notícia pela Copa do Mundo do México, que se avizinhava e a qual ele transmitiria diretamente pela Caldas Júnior. 

Nenhum comentário: