Translate

sexta-feira, abril 07, 2017

Tuberculose e câncer, as principais causas de morte na Porto Alegre de 1954

Em 1954 - portanto, há 62 anos - as doenças que mais matavam os gaúchos eram, por ordem, a tuberculose e, em seguida, o câncer. Segundo a Folha da Tarde, mais de mil porto-alegrenses morriam todo ano por causa do "mal branco", embora o número viesse diminuindo nos últimos tempos, o que certamente se explicava pela entrada dos novos medicamentos antibióticos desenvolvidos pela Medicina, em especial a penicilina e a estreptomicina. No Estado, a região mais atingida era a da Campanha - não por coincidência a mais atrasada economicamente. Já o câncer crescia de ano para ano e, ao contrário de hoje, praticamente matava todas as vítimas.  Note-se que a capital gaúcha, naquela época, contava com cerca de 400 mil habitantes.

Nenhum comentário: