Translate

quarta-feira, agosto 19, 2015

Correio do Povo: apesar de conservador, foi um dos que mais noticiaram as arbitrariedades do regime

Em 1978 o regime militar já sabia que teria de reabrir democraticamente o Brasil e deixar caminho para a volta dos civis, o que não acontecia desde 1964. Mesmo assim o Ato Institucional número 5 ainda estava vigente - seria revogado no início de 1979 - e a censura à imprensa e às artes, todavia sem o rigor de antes, ainda continuava existindo. A imprensa, contudo, já desfrutava de uma certa liberdade e redobrava seu esforços contra o autoritarismo, noticiando tudo o que acontecia a respeito. Apesar de seu conservadorismo, o jornal do empresário Breno Caldas era um dos que mais contemplavam o tema, como se vê nesta notícia de 1978.

Nenhum comentário: