Translate

terça-feira, agosto 18, 2015

Prefeito de São Paulo proíbe fumo em lojas e supermercados

Hoje acender um cigarro em ambiente público é quase impensável, e o fumante é uma espécie de animal a ser caçado, em nome da saúde e do bem estar geral. Mas, menos de 40 anos atrás, na década de setenta, ainda - no Rio Grande do Sul, ao menos - se fumava em ônibus, táxis, repartições públicas, hospitais e até em aviões. Mas aos poucos o cerco contra o tabaco e seus usuários ia se fechando, como vemos nesta matéria do CP de julho de 1976, em que se noticia que o prefeito de São Paulo, Olavo Setúbal, proibia se fuma "cigarros, cachimbos e charutos no interior de supermercados e lojas de departamentos".

Nenhum comentário: