Translate

quinta-feira, maio 01, 2014

Lula diz que não quer a adesão dos trabalhistas: 1980

É, os tempos eram outros - bem diferentes, bem diferentes mesmo. Em 18 de janeiro de 1980, uma sexta-feira, Luis Inácio Lula da Silva e mais 15 expoentes do movimento sindical e que aderiram ao Partido dos Trabalhadores vieram a Porto Alegre, participar de atividades políticas e dos festejos dos 47 anos do Sindicato dos Bancários do RS, presidido por Olívio Dutra e que só recentemente se livrara da intervenção estatal. Na ocasião, Lula - com sua característica barba hirsuta e preta - criticava asperamente os trabalhistas de Leonel Brizola, incluindo até Getúlio Vargas, a quem comparou à Princesa Isabel no caso da libertação dos escravos. Autossuficiente, talvez arrogante, talvez puro, ele garantia que o PT não iria aceitar as adesões em massa dos trabalhistas, e nem sequer desejava isso. Outros tempos, como se vê.

Nenhum comentário: