Translate

sábado, novembro 27, 2010

Cuidado com as escadas, escadas são perigosas, escadas fazem mal.
É um sábado de sol, e muita gente está consertando coisas no telhado. Estão trepando, estão subindo as escadas, estão sujeitos aos seus caprichos.
Escadas pregam peças, escadas derrubam, escadas - coisas banais, prosaicas, inermes - até destroem vidas.
Foi o caso de A., que já foi meu amigo. Tornou-se repórter fotográfico renomado em São Paulo e nunca mais nos falamos. Coisas da vida, não importa. Foi é passado.
Um dia me ligam e contam que ele sofreu um acidente, está entre a vida e a morte: ia ajudar a consertar o telhado da casa de um parente e caiu da escada, a três metros de altura. Bateu com a cabeça e sifu, obviamente.
Vi um vídeo dele no youtube. Voltou a ser criança.
Outro conhecido, aqui de perto, fez a mesma coisa, só que no serviço. Também caiu e também bateu a cabeça. Era um cara forte, alegre, com voz poderosa e sempre muito disposto. Hoje está um caco. No hospital, pra piorar, teve meningite. Desgraça pouca é bobagem.
Isso tudo em questão de dois anos. É por isso que eu penso dez vezes antes de subir numa escada. A lei da gravidade é muito cruel, prefiro me manter na superfície.

Nenhum comentário: