Translate

quarta-feira, dezembro 17, 2008

Brechó na rua Guilherme Alves: calças a 3 reais

São mais de 800 peças, incluindo muitas camisas e vestidos.
Uma boa e barata opção para presentear ou presentear-se neste Natal, no Jardim Botânico, é o pouco conhecido brechó da igreja de São Luís, na rua Guilherme Alves, 574. Funcionando unicamente às quartas-feiras, das 9 às 11 e das 14 às 17 horas, está localizado em uma pequena sala atulhada com cerca de 800 peças, entre roupas, calçados e bolsas. São doações feitas pelos paroquianos e que, colocadas à venda, custam quantias irrisórias - uma calça de brim, por exemlo, custa apenas 3 reais, o mesmo acontecendo com os sapatos.

Quem cuida do local é dona Celita Martinez, aposentada e uma das responsáveis pela organização da liturgia na paróquia. Ela mora na rua Felizardo Furtado e trabalha como voluntária. "Não abrimos nos outros dias por falta de voluntários", explica ela.

As roupas estão em estantes, sem muita organização, o que exige do freguês uma boa disposição para garimpar o que lhe interessa. E, nesse aspecto, há coisas boas - calças de griffe, de variados tamanhos, que custariam, se novas, cerca de 80 reais, aqui podem ser adquiridas pelo preço de uma garrafa de cerveja. A maioria das peças são femininas - há shorts, bermudas, saias, blusas e até jaquetas. "Temos fregueses que se vestem e calçam com coisas daqui. Se vestir bem não exige muito dinheiro", afirma ela. "Há uma freguesa que vem de Cachoeirinha e uma outra que vem de Viamão atrás de roupas".

Nenhum comentário: