Translate

domingo, setembro 20, 2009

Morador de São Borja diz que ‘o churrasco gaúcho é uma ficção’
"Convido-os a irem a uma churrascaria paulista, comerão carne de primeira e macia, um churrasco incomparável". Com afirmações como esta, o funcionário público Sandro Amoroso Pacheco, de São Borja, escreveu uma carta que Zero Hora publicou nesta sexta-feira, 18, e tornou-se um dos assuntos mais comentados no Acampamento Farroupilha, no Parque da Harmonia. Sem medo da polêmica, Sandro Amoroso contesta as brincadeiras que foram feitas com o frustrado churrasco que Lula pretendia oferecer ao presidente da França, Nicolas Sarkozy, e afirma: “Tenho uma triste notícia para os gaúchos: vocês são muito, mas muito menos mesmo do que pensam ser”. “O churrasco gaúcho é uma ficção”, escreve.
Mais conteúdo: Clique aqui para ler o artigo.

Nenhum comentário: