Translate

terça-feira, agosto 11, 2009

*A pinacoteca Rubem Berta e o Arquivo Público do Estado são os principais pontos de visitação da próxima edição do Viva o Centro a Pé amanhã, 8. Quem quiser participar pode confirmar presença pelo e-mail vivaocentroape@gmail.com. O valor da inscrição é um quilo de feijão ou um litro de leite. As doações serão encaminhadas a instituições do município. Existem caixas para o recolhimento no ponto de saída da caminhada. As inscrições por e-mail devem ser feitas até hoje, 7, às 14h.
O roteiro de aproximadamente duas horas no Centro Histórico da Capital começa às 10h, com saída do totem do Caminho dos Antiquários, na rua Demétrio Ribeiro, em frente à Praça Daltro Filho (encontro das ruas Coronel Genuíno e Marechal Floriano). Segue pelas ruas Fernando Machado e Duque de Caxias até a Pinacoteca Rubem Berta e o Arquivo Público do RS.
Quem orienta a caminhada é Luiz Merino de F. Xavier, arquiteto da Equipe do Patrimônio Histórico e Cultural (Epahc), mestre em Planejamento Urbano e Regional e consultor de patrimônio cultural do Projeto Monumenta da Secretaria Municipal de Cultura.
As caminhadas do Viva o Centro a Pé são realizadas duas vezes por mês, sempre aos sábados, orientadas por professores especialistas em história, arquitetura ou literatura. A iniciativa é das secretarias do Planejamento Municipal (SPM) e da Cultura (SMC), do Programa Viva o Centro e Gabinete da Primeira Dama. Outras informações no site www.portoalegre.rs.gov.br/vivaocentro.
Pinacoteca Rubem Berta - O prédio da rua Duque de Caxias, nº 973, em frente ao Solar dos Câmara, é considerado um exemplar expressivo do estilo eclético em Porto Alegre. Esse gênero arquitetônico pode ser visto em várias edificações remanescentes das primeiras décadas do século XX na cidade, e propõe uma releitura de diversas influências e estilos anteriores. São exemplos famosos o prédio do Margs e o do Memorial do Rio Grande do Sul, ambos na Praça da Alfândega. O prédio foi construído em 1893 e modificado em 1916, quando assumiu sua forma atual. Restaurado a partir de 2007, por meio do Programa Monumenta, com recursos federais do Ministério da Cultura; do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da prefeitura, com parceria da Unesco e da Caixa Econômica Federal.
Arquivo Público - Localizado na rua Riachuelo, 1031, o Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul forma um conjunto arquitetônico composto por três construções: um prédio para abrigar as atividades administrativas e técnicas, e dois pavilhões construídos respectivamente em 1910 e 1920, com características específicas para armazenamento de documentos: possuem teto em forma de abóbada, paredes com espessura entre 0,90 e 1,5 metros, estantes de ferro revestido por cimento, piso de ferro vazado sobre o qual deslizam escadas móveis de ferro e exaustores elétricos.
Caminho dos Antiquários - A feira Caminho dos Antiquários é parte integrante de programas do governo municipal. Com o objetivo de revitalizar a área central, o espaço, já repleto de lojas de antiguidades, foi transformado em uma grande feira a céu aberto. A rua Marechal Floriano, entre a Fernando Machado e a Demétrio Ribeiro, é fechada e as lojas colocam seus produtos na rua.

Nenhum comentário: