Translate

sábado, agosto 15, 2009

*Uma das maiores mostras de arte contemporânea do mundo, a 7ª Bienal do Mercosul, realizada entre os dias 16 de outubro e 29 de novembro, na Capital, receberá da prefeitura, através da Procempa, R$ 60 mil em equipamentos e serviços de tecnologia. O convênio da parceria foi assinado hoje, 14, no Paço Municipal, em audiência com o prefeito José Fogaça, o diretor-presidente da 7ª Bienal, Mauro Knijinik, e o diretor-presidente da Procempa, André Imar Kulczynski. Durante o evento, a Procempa disponibilizará três áreas de internet livre de alta velocidade, terminais de consulta de obras e acervo, transmissão em tempo real dos eventos da programação, além de outros serviços de tecnologia. As mostras estarão abertas ao público durante 45 dias, em três espaços expositivos: armazéns do Cais do Porto, Santander Cultural e Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), além de espaços públicos de Porto Alegre. Na audiência, também foi assinado o protocolo de intenções para a implantação da Conexão Bienal – Núcleo de Documentação e Pesquisa. O projeto reúne o acervo completo do evento desde a sua primeira edição. De acordo com Fogaça, o objetivo do projeto é ampliar o acesso da população às obras. “É uma iniciativa que vai demonstrar também a evolução de um dos maiores eventos de arte da cidade”, destacou. O Núcleo de Documentação e Pesquisa inclui mais de três mil imagens de obras que serão digitalizadas, 800 tratadas e 300 vídeos.

Nenhum comentário: