Translate

terça-feira, setembro 15, 2009

Maior festival de teatro do país e um dos mais prestigiados da América do Sul, o Porto Alegre em Cena dá uma cara cosmopolita para a cidade, com hotéis lotados e intensa circulação de artistas, com seus figurinos coloridos e muitas línguas diferentes. Este ano, a 16ª edição, de 8 a 25 de setembro, apresenta 21 espetáculos nacionais, 21 do exterior e 14 do Rio Grande do Sul. Esse volume de atrações movimenta toneladas de equipamentos. Confira:
- Cerca de três toneladas e meia de equipamentos serão trazidas à Capital somente para os espetáculos nacionais e locais. São estruturas de cenário, objetos cênicos, figurinos e instrumentos musicais que serão utilizados nos 17 dias do festival.
- A peça O Dragão, vinda do Rio de Janeiro, traz 554 kg divididos em 21 volumes. Nos cases, oito placas de metal, grades de tela, malas com assessórios e cadeiras compõem o material.
- Já a peça Rainhas – duas atrizes em busca de um coração, de São Paulo, virá a Porto Alegre munida de 300 kg em 18 volumes.
- Medida por Medida, peça oriunda da capital fluminense, terá carga em torno de 600 kg, que inclui, entre outras coisas, uma máquina de papel picado.
- Dolores, espetáculo de Minas Gerais, necessitará de meia tonelada para subir ao palco. Entre o arsenal de materiais estão cortinas, trilhos, painéis, fitas com armação em ferro e até mesmo um ciclorama, fundo curvo e claro sobre o qual são projetadas tonalidades de luz possibilitando, assim, a criação de efeitos variados para a cena.
- O material de iluminação necessário para todos os espetáculos virá de caminhão. A produção do festival importa todo o equipamento de São Paulo, que permanece na Capital gaúcha até o encerramento do Em Cena.
- Três caminhões com cenários dos espetáculos nacionais farão uma peregrinação de Norte a Sul do país, parando nas cidades que sediam os grupos e arrecadando todo o material necessário para os artistas subirem ao palco.
Saiba mais: www.poaemcena.com.br

Nenhum comentário: