Translate

quarta-feira, julho 15, 2009

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro exibe a partir de terça-feira, 21 , o documentário brasileiro Descaminhos, produção mineira dividida em seis episódios (assinados por oito diretores) que retrata o abandono das linhas ferroviárias no Brasil. O filme propõe uma viagem antropológica pelas cidades e pela vida das comunidades à margem de ferrovias. Durante 36 dias, os diretores do filme percorreram seis trechos ferroviários em Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Atravessaram 55 cidades e 8000 km de linhas férreas. A partir de depoimentos sobre o presente ou o passado, foi traçado um painel do cotidiano de comunidades distintas que mantêm um ponto em comum – a linha férrea.
Descaminhos fica em cartaz na Sala P. F. Gastal até domingo, 26. Todas as sessões têm entrada franca.
Sinopse1º episódio - Direção: Marília RochaUm trem percorre regiões da Serra da Mantiqueira e da Serra do Mar. Uma voz anônima narra um encontro do passado.2º episódio - Direção: Luiz Felipe Fernandes e Alexandre BaxterObras e memórias que se perdem com o tempo. O trem que trouxe o progresso é o mesmo que o tirou. 3º episódio - Direção: João FloresQuatorze horas de viagem, mil pessoas subindo e descendo na única linha de transporte de passageiros filmada. Histórias, paisagens, ruídos e chiados. 4º episódio - Direção: Maria de Fátima AugustoA busca de um tempo perdido na memória dos aposentados da ferrovia. Um tempo redescoberto, presente nas lembranças. 5º episódio – Direção: Leandro HBLUm trem jogado ao relento, ao abandono. Agora, ele é parte de uma história precária, corrupta e envelhecida. 6º episódio – Direção: Armando Mendz e Cristiano AbudUm percurso através das paisagens e ruínas da extinta Bahia - Minas. Na memória dos moradores ficou a lembrança, o vazio e o descaso.
Descaminhos. Minas Gerais, 2007. Direção de Marília Rocha, Luiz Felipe Fernandes, Alexandre Baxter, João Flores, Maria de Fátima Augusto, Leandro HBL, Armando Mendz e Cristiano Abud. Duração: 75 minutos. Exibição em DVD.
Grade de horários Terça-feira (21 de julho)16h30 – Descaminhos18h15 – Descaminhos19h30 – Descaminhos
Quarta-feira (22 de julho)16h30 – Descaminhos18h15 – Descaminhos19h30 – Descaminhos
Quinta-feira (23 de julho)16h30 – Descaminhos18h15 – Descaminhos19h30 – Descaminhos
Sexta-feira (24 de julho)16h30 – Descaminhos18h15 – Descaminhos19h30 – Descaminhos
Sábado (25 de julho) – 15h30 – Descaminhos17h – Memória para Uso Diário, de Beth Formaggini (duração 94 min)18h30 – Bate-papo sobre Violência de Estado e Direitos Humanos com a presença de Vera Vital Brasil (Grupo Tortura Nunca Mais do Rio de Janeiro) e Rosane Neves (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), seguida de lançamento dos livros Clínica e Política II e 20 anos da Medalha Chico Mendes de Resistência – Memória e Lutas, do Grupo Tortura Nunca Mais do Rio de Janeiro20h – Descaminhos
Domingo (26 de julho)16h30 – Descaminhos18h15 – Descaminhos19h30 – Descaminhos

Nenhum comentário: