Translate

sexta-feira, março 05, 2010



Norte publica final da história que prostitutas escreveram
Publicação da Arquipélago Editorial será lançada nesta sexta-feira


Será lançada nesta sexta-feira, 5, a 13ª edição da revista Norte, que traz o último capítulo do folhetim escrito por prostitutas, publicado na edição desde março de 2008. O encontro acontece a partir das 19h no Instituto NT de Cinema e Cultura (Rua Marquês do Pombal, 1.111). Com a chamada O ponto final de uma puta história, Norte apresenta o final de uma narrativa em capítulos escrita por prostitutas a partir de um projeto da Agência Livre para Informação, Cidadania e Educação (Alice) orientado por Maíra Brum Rieck e Rosina Duarte.
Outros destaques de Norte são as “crônicas musicadas” sobre o Rio de Janeiro. O autor do artigo, Fernando Corrêa, mergulhou em mais de um século de MPB para investigar como as letras de canções ajudam a entender idealizações e descrições feitas sobre a cidade erguida de frente para o mar e de costas para o povo. Na capa, o Cristo Redentor abre seus braços em um ângulo inusitado flagrado por Ricardo Chaves, o Kadão.
Tema também em discussão nas páginas da revista é o Programa Nacional de Direitos Humanos, abordado pelo mestrando em Antropologia João Rosito. Para ele, o levante contra o fim do silêncio sobre as violações de direitos humanos no regime de 1964 aponta para a legitimação da tortura e da violência institucional.
Norte é uma publicação bimestral da Arquipélago Editorial e tem como objetivo ser um ponto de encontro de intelectuais e artistas para discutir livros, artes e ideias. A publicação é vendida em bancas, livrarias e cafés das principais cidades do sul e sudeste do país. COLETIVA

Nenhum comentário: