Translate

quinta-feira, abril 28, 2011

O neurocientista e coordenador do Centro de Memória da PUCRS, Iván Izquierdo, receberá a mais importante honraria em ciência e tecnologia do Brasil, o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para Ciência e Tecnologia, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT). A cerimônia de premiação ocorrerá na próxima terça-feira, 3 de maio, na Academia Brasileira de Ciências, no Rio de Janeiro, com a participação do ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. Izquierdo receberá diploma, medalha e uma quantia em dinheiro, concedida pela Fundação Conrado Wessel.
O prêmio reconhece pesquisadores brasileiros pelo trabalho realizado ao longo de sua carreira em prol do progresso da ciência e pela transferência de conhecimento da academia ao setor produtivo. É concedido anualmente, em sistema de rodízio, às grandes áreas do conhecimento: Ciências da Vida; Ciências Exatas, da Terra e Engenharias; e Ciências Humanas e Sociais, Letras e Artes. Nesta edição, referente ao ano de 2010, a área de Ciências da Vida foi contemplada. A escolha do nome de Izquierdo foi feita durante a 155ª reunião do Conselho Deliberativo do CNPq, no começo de abril.

Saiba mais
O pesquisador Iván Izquierdo descobriu os principais mecanismos moleculares da formação, evocação, persistência e extinção das memórias e a separação funcional entre as memórias de curta e longa duração. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, recebeu mais de 50 prêmios e distinções nacionais e internacionais. Para estudar a mente humana, teve que se dedicar, além das Neurociências, a questões como sentimentos, estados de ânimo, emoções e seus efeitos no sistema nervoso central. Suas principais pesquisas foram publicadas em importantes publicações científicas como a PNAS, Science e Nature.

Nenhum comentário: