Translate

quinta-feira, junho 11, 2009

*O governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública, está contratando emergencialmente 210 servidores para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Serão 26 advogados, 110 assistentes sociais e 74 psicólogos. O contrato emergencial foi autorizado pela governadora Yeda Crusius e estará publicado na edição desta sexta-feira (12) do Diário Oficial do Estado. A autorização preenche parte das necessidades de pessoal exigidas pelas atuais e novas vagas prisionais. Com o ajuste fiscal e o déficit zero nas contas públicas, o governo do Estado vai investir neste ano cerca de R$ 186 milhões na Segurança Pública. Desse total, R$ 102 milhões estão destinados ao sistema prisional, para geração de vagas e obras de construção e reformas de penitenciárias. O governo do Estado está priorizando a Segurança Pública e, para tanto, implantou o Programa Estruturante Cidadão Seguro (www.estruturantes.rs.gov.br), que vai aplicar R$ 462 milhões no setor até 2010. A governadora Yeda Crusius lembrou que, para as 1.727 vagas prisionais já geradas, foram destinados R$ 21,8 milhões. As que estão em obras representam aproximadamente R$ 11 milhões. Observou ainda que o Estado já contabiliza a incorporação de 1.629 veículos zero quilômetro à frota da Segurança e que a meta é chegar, até 2010, a cerca de duas mil novas viaturas. "Estamos dando continuidade ao que sempre nos propusemos a realizar na área da Segurança Pública, desde antes de assumirmos o governo", concluiu a governadora. O chefe da Casa Civil, José Alberto Wenzel, ressaltou que se encontra em processo licitatório a aquisição de mais 621 veículos, num investimento aproximado de R$ 21 milhões, com recursos do Tesouro do Estado, garantidos pelo Programa Estruturante Cidadão Seguro. "A governadora vem determinando o resgate de compromissos importantes do Estado com seus cidadãos em diversas áreas, inclusive na da Segurança Pública, que é uma de nossas grandes prioridades", enfatizou.

Fonte: Site do Estado

Nenhum comentário: