Translate

quarta-feira, junho 17, 2009

*Debate sobre as teorias de Darwin registrou o início, ontem (16), da V Jornada de Iniciação Científica, promoção conjunta da Fundação Zoobotânica do RS e Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Roessler – FEPAM.
Para discutir este tema participaram os pesquisadores Anna Carolina Regner da Unisinos, Aldo Mellender de Araújo da UFRGS e Marcos Machado da ULBRA, sob a coordenação do Paleontólogo do Museu de Ciências/FZB-RS, Jorge Ferigolo.
A mostra Os Fósseis de Darwin, inaugurada também no dia 16, apresenta fósseis e réplicas das espécies coletadas por Darwin.
A V Jornada acontece até o dia 19 do corrente, apresentando, sob forma de posters, 130 trabalhos de iniciação científica, de acadêmicos de instituições de pesquisa e de ensino.


FÓSSEIS DE DARWIN EM EXPOSIÇÃO

As idéias de Darwin são referências até os dias de hoje, sendo que, o Diário de Viagem de Charles Robert Darwin, é um verdadeiro documento científico que destaca informações sobre geologia, antropologia e biologia.
Tendo participado apenas de uma das três viagens realizadas por Beagle, em 1839, então com apenas 22 anos, Darwin percorreu o litoral do sul da América do Sul, ilhas Malvinas e Galápagos. Nesta viagem coletou ossos fósseis de animais tão grandes quanto os de rinocerontes e hipopótamos ou até maiores, tendo enviado o material recolhido à Inglaterra para estudos, e que deu evidências favoráveis à sua teoria de transmutação das espécies.
A exposição Fósseis de Darwin, promovida pelo Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica do RS, com curadoria dos pesquisadores Jorge Ferigolo e Ana Maria Ribeiro, visa divulgar um aspecto da paleontologia que poucos conhecem, apresentando fósseis das espécies coletadas por Darwin.
A mostra apresenta fósseis e réplicas de alguns representantes de mamíferos de origem sul-americana e norte-americana – megafauna do Pleistoceno - com origem entre 3 milhões e 11 mil anos atrás.
As peças são de espécies coletadas no Uruguai e Argentina, como, por exemplo, as preguiças terrícolas gigantes (de 3 a 5 metros de altura), os mastodontes (parentes distantes dos elefantes) e os gliptodontes.(com carapaça óssea, parentes extintos dos tatus).

O que: Mostra Os Fósseis de Darwin
Quando: de 16 de junho até 31 de dezembro
Onde: Sala de Exposições do Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica do RS – Rua Dr. Salvador França 1427 – Jardim Botânico de Porto Alegre
Horário de visitação: de 3ª feira a domingo, das 9h às 17h
Informações: telefone 3320.2057

Nenhum comentário: