Translate

terça-feira, setembro 01, 2009

*O projeto "Joana D´Arc - Em Luta pela Dignidade" receberá nesta quarta-feira, 2 de setembro, o Prêmio Top Cidadania pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), um dos mais importantes reconhecimentos gaúchos na área. A entrega será na sede Alto Petrópolis do Clube Grêmio Náutico União, na Capital, às 19h30min. Desenvolvido pela Coordenadoria do Desenvolvimento Social da PUCRS, com o patrocínio da Petrobras, o trabalho é realizado na Vila Joana d´Arc, na Capital, e busca melhorar a qualidade de vida da comunidade por meio do trabalho. Há três anos foi criada no local uma cooperativa onde 37 moradoras aprenderam a confeccionar pães, doces e salgados, e criaram uma padaria e confeitaria comunitária. Outra ideia foi desenvolver questões sobre autogestão, constituição de grupo, cidadania e organiza ção. O Reitor, Joaquim Clotet, entende que o projeto reflete o compromisso da Universidade com a formação humana e profissional visando ao desenvolvimento de uma sociedade justa e fraterna.
Atuam na vila psicólogos, um filósofo e um estudante de Direito. Em outubro será inaugurado um Centro Comunitário de Produção, que possibilitará a ampliação da infraestrutura, o aumento do número de cooperadas e a promoção de atividades profissionalizantes e lúdico-educativas aos moradores. Também são desenvolvidas atividades com os filhos das beneficiadas, já que, conforme explica a coordenadora do projeto, Aline Accorssi, "atividades com os filhos estimulam as mães a participarem e permanecerem no projeto". Aline destaca ainda que o curso de qualificação profissional possibilitou a inserção no mercado de trabalho de algumas moradoras, que confeccionam doces e salgados em suas residências para vender, além da autonomia e aumento da auto-estima.
O Prêmio Top Cidadania, criado em 2001, reconhece as ações sociais realizadas pelas organizações na comunidade gaúcha, contribuindo, assim, com a consolidação da cultura de investimento social nas empresas do Estado. Premia instituições sem fins lucrativos e empresas públicas ou privadas que desenvolvem projetos de investimento social privado que beneficiam comunidades externas à empresa. Desde 2001, já premiou 81 cases.

Nenhum comentário: