Translate

terça-feira, maio 19, 2009

*A Capital gaúcha é a terceira entre as cidades brasileiras que mais receberam eventos internacionais em 2008, ficando atrás somente de São Paulo e Rio de Janeiro. O prefeito José Fogaça recebeu hoje, 18, o resultado do estudo da International Congress and Convention Association (ICCA), principal entidade mundial do setor de congressos e convenções.
O secretário de Turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Moraes, e o presidente do Porto Alegre Convention & Visitors Bureau, Ricardo Ritter, entregaram o relatório ao prefeito que comemorou os avanços conquistados pela Capital. “É uma cidade com vocação para eventos, especialmente nas áreas científica e tecnológica, e este resultado nos credencia a buscar novos eventos, investindo cada vez mais neste segmento”, destacou Fogaça. “Este é o resultado de um esforço coletivo da cidade. Vamos continuar trabalhando e investindo nesta vocação para potencializar ainda mais o setor turístico”, afirmou Luiz Fernando.
De acordo com o estudo, a Capital divide o terceiro lugar com Salvador e Foz do Iguaçu, porém tem seguido uma escala ascendente nos últimos quatro anos com a realização de quatro eventos internacionais em 2005, outros quatro em 2006, dez em 2007 e o total de 14 eventos em 2008. Em 2006, por exemplo, Porto Alegre ocupava a 9ª posição no ranking brasileiro, subindo para o 4º lugar em 2007. “Este crescimento é um fator de desenvolvimento econômico para a cidade e também está sendo encarado como uma das alternativas de recuperação da crise econômica mundial”, observou Ricardo Ritter.
Pesquisa - Porto Alegre acompanha o desempenho do país. No estudo, o Brasil subiu uma posição entre os países que mais recebem eventos internacionais no mundo e passou do 8º para o 7º lugar no ranking. De acordo com a ICCA, os setores que mais realizam eventos internacionais no mundo são medicina (18,5), tecnologia (14,1%), ciências (12,7%), indústria (7,4%) e educação (5%). A entidade considera, em sua classificação, eventos itinerantes por pelo menos três países, com periodicidade fixa e com, no mínimo, 50 participantes. O ranking é divulgado anualmente pela ICCA e o levantamento de 2008 é considerado o mais completo feito pela entidade até hoje ao registrar a realização de 7.500 eventos, mil a mais do que em 2007.

Nenhum comentário: