Translate

terça-feira, maio 26, 2009

*O jornal Folha de S.Paulo e a jornalista Renata Lo Prete foram condenados a pagar R$ 139.500,00 de indenização a Milton Zuanazzi, ex-presidente da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), por danos morais. Zuanazzi entrara com ação contestando o que caracterizou como “notas difamatórias” publicadas em 20 de julho de 2007 na coluna Painel, editada por Renata. Segundo as notas, a Anac mantinha “relações promíscuas” com as empresas de aviação, e na agência Zuanazzi seria a pessoa encarregada de defender os interesses da empresa Gol. Segundo a Folha, essa suposta interferência teria feito a Anac liberar a pista do aeroporto de Congonhas onde, três dias antes da publicação da nota, havia ocorrido o acidente com o avião da TAM.
Na ação, Zuanazzi se defende provando que foi a Infraero que liberou a pista e ressaltou que a Folha, buscando eleger um culpado pela crise aérea, produziu contra ele acusações que jamais conseguiu provar. A juíza Maria Lúcia Boutros Buchain Zoch Rodrigues, da Vara Civil do Fórum de Porto Alegre, deu ganho de causa ao ex-presidente da Anac, entendendo que a Folha foi “irresponsável”, “leviana” e “sensacionalista”. (Coletiva.Net)
» Clique aqui para ler a sentença.

Nenhum comentário: