Translate

quinta-feira, maio 28, 2009

*Nesta quarta-feira, 27, o diretor-presidente da Gazeta Mercantil S/A e Gazeta Mercantil Participações S/A, Luiz Fernando Levy, afirmou que não deixará de encontrar “fórmulas negociadas” que preservem a publicação do jornal Gazeta Mercantil. Após a desistência da Companhia Brasileira de Multimídia (CBM), do empresário Nelson Tanure, em manter a Gazeta Mercantil sob seu guarda-chuva, Levy chegou a dizer que não assumiria o diário econômico, segundo o site Comunique-se.
Levy enviou um comunicado à imprensa onde mostra satisfação com a declaração da CBM, que prometeu colaborar para que o jornal não deixe de circular. “Vimos, com esperança, que a CBM manifestou o seu apoio para que a Gazeta Mercantil continue a circular até chegarmos, com todos os interessados, a uma solução satisfatória, característica que a rescisão unilateral não tem”, disse o Levy.
No comunicado, o empresário também nega o descumprimento de contratos ou quaisquer princípios contratuais e negociais. Sobre os adiantamentos de salários mencionados pela CBM, também em comunicado divulgado na segunda-feira, Levy diz tratarem-se de “obrigação da CBM”. (Coletiva.Net)

Nenhum comentário: